Oferecido por

Principais lances

90' + 3'
M. Benítez
Cartão Amarelo
87'
Kaio Jorge
Cartão Amarelo
86'
Kaio Jorge
Gol
85'
Felipe Jonatan
Luiz Felipe
79'
E. Coacci
R. Botta
79'
F. Márquez
G. Mainero
78'
R. Botta
Cartão Amarelo
72'
Jobson
Gol
72'
Y. Soteldo
Assistência
69'
B. Ojeda
N. Cardozo
69'
Kaio Jorge
Yuri Alberto
58'
Jobson
Evandro
55'
C. Sánchez
Cartão Amarelo
52'
Evandro
Cartão Amarelo
Início de jogo
45' + 1'
J. Rodríguez
Gol
45' + 1'
N. Cardozo
Assistência
37'
Luan Peres
Cartão Amarelo
22'
Lucas Verissimo
Cartão Amarelo
Início de jogo
3
2
3
5

Estatítiscas

Posse de bola
% %
6
3
Chutes fora do gol
Chutes no gol 5 3
Total de passes 442 293

Comentários

Com o resultado, o Santos soma três pontos, assume, momentaneamente, a liderença do grupo G e aguarda o resultado da partida entre Delfín e Olimpia para saber a posição final após o término da primeira rodada. A equipe argentina volta a campo no próximo dia 11, às 21:30, contra o Olimpia no Paraguai e o Santos recebe o Delfín, no dia 10, às 19:15 na Vila Belmiro.
Que jogo no Norberto Tomaghell! Após sair perdendo, o Santos se encontrou em campo, encaixou seu sistema de jogo e conseguiu a sua primeira vitória na competição de clubes mais importante do continente. Com um gol de cabeça marcado pelo Zagueiro Juan Rodríguez em cobrança perfeita de escanteio por parte de Cardozo no primeiro tempo, o Defensa y Justicia saiu na frente do Santos em sua estréia na Libertadores e jogou melhor em vários momentos da partida mas acabou levando o gol de empate em cruzamento perfeito de Soteldo pela esquerda e desvio mortal de cabeça de Jobson aos 17 da segunda etapa. O gol da virada veio após um vacilo da defesa e toque de Kaio Jorge na saída do Unsain para fazer dar a vitória ao Peixe. Após um primeiro tempo apagado, a equipe brasileira voltou melhor para a etapa complementar mas encontrava muita dificuldade em chegar ao gol adversário. Ao depender das jogadas individuais de Soteldo pela esquerda, o Santos passou a ser previsível no segundo tempo e o Defensa y Justicia soube neutralizar as investidas brasileiras pelo setor. No entanto, na primeira jogada após a inversão de lados entre os pontas da equipe brasileira, o venezuelano encontrou a cabeça de Jobson para fazer o gol do empate. Também pelo setor e pelos pés do camisa 10, saiu a jogada da qual originou o gol da virada em lance de oportunismo de Kaio Jorge.
90' + 5' Apita o árbitro! Fim de jogo em Buenos Aires.
M. Benítez
Cartão Amarelo
Defensa y Justicia
90' + 3' Benítez faz falta dura no ataque e leva o cartão amarelo.
90' + 1' UNSAIN! Soteldo invade a grande área, com muita calma, rola para Sánchez e o uruguaio obriga o goleiro argentino a fazer grande defesa com um chute de chapa no canto direito.
90' + 1' Benítez cruza na área e a zaga do Santos afasta de cabeça.
88' O Defensa y Justicia se lança ao ataque em busca do gol de empate e o Santos se segura.
Kaio Jorge
Cartão Amarelo
Santos
87' Kaio Jorge retarda o reinício da partida e leva mais um amarelo.
Kaio Jorge
Gol
Santos
86' GOOOOOOL! DO SANTOS! Kaio Jorge dá sorte após disputa de bola no meio campo, fica com a sobra e toca na saída de Unsain para virar a partida. Defensa y Justicia 1 x 2 SANTOS
Felipe Jonatan
Luiz Felipe
Santos
85' Última mudança no Santos: Luiz Felipe sai cansado e Felipe Jonatan entra em seu lugar.
82' Acevedo cruza do jeito que dá na tentativa de encontrar algum companheiro livre e Éverson sai do gol para encaixar a bola.
80' PERDEU! Coacci recbee cruzamento pela esquerda, tinha o gol aberto à sua frente mas pega mal na bola e perde grande oportunidade.
E. Coacci
R. Botta
Defensa y Justicia
79' Crespo faz sua última alteração: Botta sai para a entrada de Coacci.
F. Márquez
G. Mainero
Defensa y Justicia
79' Mainero deixa o campo para a entrada de Fernando Márquez.
R. Botta
Cartão Amarelo
Defensa y Justicia
78' Botta chega com excesso de vontade na marcação, faz a falta e leva o primeiro amarelo da equipe na partida.
78' O Defensa y Justicia tenta exercer uma pressão em busca do gol de desempate mas esbarra na forte marcação da equipe brasileira.
76' Sánchez segura a bola no meio campo, chama a falta e é atendido pelo árbitro.
73' Mainero tenta a linha de fundo, Pituca aperta na marcação e cede o escanteio pelo lado direito do ataque argentino.
Jobson
Gol
Santos
72' GOOOOOOL! DO SANTOS! Soteldo inverte de lado com Sasha, aparece na ponta esquerda e cruza na cabeça de Jobson que raspa de cabeça e empata o jogo para o Peixe. Defensa y Justicia 1 x 1 SANTOS
Y. Soteldo
Assistência
Santos
72' Assistência Yeferson Julio Soteldo Martínez
71' Em sua primeira participação na partida, Kaio Jorge atropela ma marcação e faz a falta na lateral do campo.
B. Ojeda
N. Cardozo
Defensa y Justicia
69' O Defensa também faz uma substituição: Cardozo sai de campo para a entrada de Braian Ojeda.
Kaio Jorge
Yuri Alberto
Santos
69' Mais uma mudança no Santos: sai Yuri Alberto e Kaio Jorge entra em seu lugar.
68' Mainero abre com Breitenbruch, que tenta o escanteio rasteiro e a zaga santista tira a bola pela linha de fundo.
66' Sasha domina tirando da marcação na entrada da área mas a zaga se recompõe e consegue fazer o desarme.
64' Após um princípio de pressão do Santos, a equipe argentina volta a trocar passes com paciência e tenta diminuir o ritmo do jogo.
62' PRA FORA! Soteldo parte em velocidade pela ponta direita, cruza na medida para Yuri Alberto cabecear de frente e mandar para fora. Quase o gol de empate!
62' O Santos insiste pela direita com Soteldo e a equipe argentina passa a reforçar o setor com a marcação de mais jogadores.
61' Soteldo recebe na ponta esquerda, parte para cima da marcação cavando um pênalti mas o árbitro não cai na dele e manda seguir.
59' PEGOU, ÉVERSON! Pizzini ganha, no corpo, da marcação de Lucas Veríssimo, chuta rasteiro e Éverson faz a defesa com segurança.
Jobson
Evandro
Santos
58' Primeira substituição no jogo: Jesualdo saca Evandro e promove a entrada de Jobson na equipe santista.
57' Tentativa de enfiada de bola para Soteldo na diagonal mas o venezuelano estava impedido na origem do lance.
56' O Halcón troca passes na defesa e, na primeira partida pela Libertadores em sua história, a torcida grita olé no Norberto Tomaghello.
C. Sánchez
Cartão Amarelo
Santos
55' Sánchez reclama muito com a arbitragem e é advertido com o cartão amarelo.
54' Jogada bem trabalhada pelo Santos pela direita, Sánchez recebe a enfiada de bola mas estava impedido e a infração é marcada pelo assistente.
54' Sánchez se atrapalha com a bola, cede o lateral e fica pedindo uma falta para o árbitro.
53' Pará cruza da direita e Rodríguez faz o corte com segurança.
Evandro
Cartão Amarelo
Santos
52' Evandro chega forte em Botta, faz falta dura e leva o amarelo.
52' O Defensa y Justicia troca passes neste começo de segundo tempo e busca se aproximar do ataque com paciência.
50' Luan Peres sobe para tentar o cabeceio mas acaba cometendo a falta de ataque.
49' O Defensa tenta responder pela esquerda mas o passe sai forte demais e o Santos recupera a posse de bola.
48' O Santos começa apertando no segundo tempo e parte em busca do gol de empate.
46' Autoriza o árbitro! Bola rolando para o segundo tempo entre Defensa y Justicia e Santos!
Após um início fulminante, com muita movimentação a marcação adiantada das duas equipes, os donos da casa passaram a controlar melhor a posse de bola, chegar ao ataque com qualidade e assustar o goleiro Éverson em algumas oportunidades. Aos 36 minutos, Cardozo completou para o gol após boa troca de passes pela esquerda e acertou a trave do goleiro brasileiro. A equipe brasileira, que tem na velocidade sua mais importante arma ofensiva, buscou aproveitar os contra-ataques mas acabava esbarrando na forte marcação da equipe argentina. Nos minutos finais, o Peixe melhorou na partida, chegou com mais qualidade ao ataque e quase marcou com Sánchez após boa jogada pelo meio e corte providencial do zagueiro Juan Rodríguez. No entanto, já nos acréscimos, Cardozo, que faz grande partida, cobrou escanteio com perfeição para Juan Rodríguez desviar de cabeça e abrir placar do jogo. Mesmo com a vantagem no placar, a expectativa é de que o Defensa y Justicia mantenha seu padrão de jogo na segunda etapa e o Santos espera aproveitar os espaços deixados para partir em busca do gol de empate.
45' + 3' Apita o árbitro! Fim do primeiro tempo!
J. Rodríguez
Gol
Defensa y Justicia
45' + 1' GOOOOOOL! DO DEFENSA Y JUSTICIA! Cardozo cobra escanteio na área com maestria, Juan Rodríguez sobe na entrada da pequena área e cabeceia com força para o gol. Éverson ainda toca na bola mas não evita o primeiro gol da partida. DEFENSA Y JUSTICIA 1 x 0 Santos
N. Cardozo
Assistência
Defensa y Justicia
45' + 1' Assistência Neri Raúl Cardozo
43' Soteldo parte para cima da marcação de três jogadores na ponta esquerda, aplica uma caneta e é derrubado. Falta para o Peixe.
41' SALVOU! Boa troca de passes do Santos pelo meio, a bola sobra para Sánchez pegar com um meio-voleio e Juan Rodríguez se atira na frente da bola para salvar a equipe argentina de levar o primeiro gol.
40' Evandro faz o desarme limpo, pedala para cima da marcação e leva a falta na intermediária. Soteldo vem para a cobrança.
39' Mainero cruza forte demais da ponta esquerda e é apenas tiro de meta para o Santos.
Luan Peres
Cartão Amarelo
Santos
37' Luan Peres é advertido com o cartão amarelo por retardar o reinício da partida.
36' NA TRAVE! Mais uma bela triangulação do Defensa y Justicia, dessa vez pela esquerda, a bola chega limpa para Cardozo chegar batendo, acertar a trave e quase abrir o placar em Buenos Aires.
35' Princípio de discussão entre os jogadores por conta de uma suposta falta na lateral do campo e Crespo ouve a repreensão do árbitro Gustavo Tejera por reclamar exasperadamente.
33' Triangulação do Halcón pela direita, Cardozo chuta rasteiro de fora da área e Pituca desvia para escanteio.
31' Benítez se precipita, põe muita força no lançamento e desperdiça oportunidade ofensiva da equipe argentina.
30' Sánchez briga pela bola na ponta esquerda, cruza do jeito que dá e ganha novo escanteio.
30' Lateral cobrado na direção de Yuri, que faz a parede e fica com o escanteio pela direita.
28' Pituca enfia a bola para Yuri pelo meio e Unsain sai do gol para tirar de chutão.
26' Bola levantada na área, Mainero fica com a sobra e manda muito longe do gol em tentativa de finalização.
25' Cardozo vira boa bola para Mainero, que tenta o cruzamendo e descola mais um escanteio pela direita.
24' UUUHHH! Cardozo bate falta com força no canto esquerdo e a bola passa muito perto da trave.
Lucas Verissimo
Cartão Amarelo
Santos
22' Veríssimo leva o amarelo por conta da falta forte em Benítez.
22' É FALTA! Benítez faz boa jogada, leva uma pancada de Lucas Veríssimo na entrada da área e, na sequência, Lucero quase consegue colocar para dentro. O árbitro para na jogada anterior e o Defensa y Justicia tem uma excelente oportunidade em bola parada.
21' Sánchez cobra falta na área, a zaga sobe alto e afasta de cabeça. No contra-ataque, Lucero arrisca do bico da área e Éverson encaixa com segurança.
19' Tentativa de jogada ensaiada pela direita, Pará cruza de cima da linha de fundo e a arbitragem marca a saída da bola. Na sequência, Unsain faz duas defesas dificílimas em chutes de dentro da área, apesar de não estar valendo nada.
18' O uruguaio Sánchez sai jogando com Soteldo em rebote de escanteio e sofre a falta na ponta direita. Vem bola na área argentina!
17' Pizzini faz boa jogada individual pela esquerda, passa por Pará mas não por Lucas Veríssimo que corta para escanteio.
17' Boa trama da equipe brasileira, trocando passes de pé em pé, Pará rola para Sánchez chegar batendo e mandar sobre o gol de Unsain.
15' O Defensa y Justicia tem uma chance em bola parada mas o cruzamento sai forte demais e é apenas tiro de meta para o Santos.
13' É a vez de Mainero buscar a linha de fundo, tentar o cruzamento na área e descolar um lateral pela direita.
12' Pará chega à linha de fundo pela direita, cruza alto na área e Unsain sai do gol para ficar com a bola.
12' O Defensa y Justicia responde em contra-ataque, Botta é lançado em profundidade mas estava em posição de impedimento e a irregularidade é marcada.
11' O Santos chega com velocidade mas o passe de Soteldo não alcança Sasha e a zaga consegue fazer o corte.
10' Ambas equipes buscam construir suas jogadas em velocidade e exploram bastante os pontas dos dois lados do campo.
9' Mainero recebe na linha de fundo, cruza rasteiro na área e a zaga brasileira afasta para escanteio.
8' Com muita entrega dos jogadores, o Halcón adianta a marcação e tenta atrapalhar a saída de bola do Santos desde o primeiro passe.
8' Lucas Veríssimo sai da área para apertar a marcação e comete mais uma falta no meio campo.
7' Sasha disputa a bola no alto, faz a carga e acaba cometendo a falta de ataque.
6' O Santos tenta apertar pela direita mas a tabela entre Sánchez e Evandro é mal feita e Benítez recupera a posse de bola.
5' Pará chega firme, chuta a bola em cima da marcação e ganha o lateral no campo defensivo. Joagada de muita raça do lateral santista.
4' Evandro chega forte por trás em Acevedo e faz a falta no meio de campo.
3' O jogo começa pegando fogo em Buenos Aires com as duas equipes impondo muita intensidade na marcação.
2' Soteldo faz a fila na ponta esquerda, fica no chão pedindo a falta mas o árbitro manda seguir e, na sequência, Pará é travado na hora do chute.
1' Autoriza o árbitro! Bola rolando no Norberto Tomaghello!
O Santos começa jogando no 4-3-3 e começa jogando com a equipe a seguir: Éverson - Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres, Luiz Felipe - Evandro, Diego Pituca, Sánchez - Soteldo, Eduardo Sasha e Yuri Alberto.
O Defensa y Justicia está confirmado no 3-4-3 e vem pra campo com a seguinte escalação: Unsain - Breitenbruch, Martínez, Rodríguez - Mainero, Neri Cardozo, Acevedo - Pizzini, Botta e Lucero.
O Alvinegro Praiano também está confirmado para o jogo de hoje e, apesar das dúvidas em relação ao escolhido para a lateral direita, Pará segue como titular e ganhou a corrida contra Madson na disputa pela posição. Alison, entregue ao departamento médico, desfalca a equipe e Evandro herda sua vaga no setor de contenção do meio-campo. No ataque, Eduardo Sasha e Soteldo terão a incumbência de se movimentar bastante nas pontas alvinegras e de municiar o centroavante Yuri Alberto em busca dos gols. 
Com todos os ingressos vendidos para o jogo de logo mais, o Defensa y Justicia se prepara para fazer o jogo mais importante de seus quase 85 anos de história. A equipe dirigida pelo ex-atacante da seleção argentina, Hernán Crespo, empatou com o líder e atual vice-campeão da Libertadores, River Plate, fora de casa e vem com o que tem de melhor para ir em busca da vitória. O Halcón tem apresentado bons resultados nos últimos anos e tem como filosofia, praticar um futebol de movimentação ofensiva e pegada na marcação. A expectativa é de que não seja diferente na partida de hoje e Crespo aposta suas fichas no entrosamento entre os membros de de seu triângulo ofensivo, composto por: Rubén Botta, Francisco Pizzini e Juan Lucero.
Em um dos duelos que abrem a fase de grupos da competição de clubes mais importante do continente (Internacional e Universidad Católica jogam no mesmo horário, em Porto Alegre), Defensa y Justicia e Santos duelam pelos primeiros pontos na busca pela classificação para as oitavas de final. O Halcón, ou Falcão, como é conhecida a equipe de Buenos Aires, vive o dia mais importante de sua história ao debutar na Libertadores após excelente campanha em 2019. A equipe verde e amarela ficou marcada para os brasileiros ao eliminar o São Paulo, no Morumbi, na primeira fase da Sul-Americana de 2017. Os Meninos da Vila, por outro lado, vêm em busca do seu quarto título na competição e têm o primeiro teste de fogo na temporada, além dos clássicos disputados no campeonato paulista. A equipe da Baixada Santista empatou em 0 a 0 com o Palmeiras no último sábado e vem em busca da vitória para largar na frente do Grupo G, que também conta com Delfín e Olímpia.
Sejam bem-vindos e bem-vindas à nossa transmissão da partida entre Defensa y Justicia (ARG) e Santos (BRA), válida pela rodada de abertura da fase de grupos da Copa Libertadores da América 2020. A bola rola às 21:30 no estádio Norberto Tomaghello, em Buenos Aires e o árbitro escalado para o encontro é o uruguaio Gustavo Tejera.
Comentários ()