Oferecido por

Principais lances

85'
M. Oyola
D. Díaz
82'
F. Martínez
Gol
82'
D. Díaz
Assistência
81'
B. Castillo
Cartão Amarelo
73'
D. Díaz
Gol
72'
B. Castillo
J. Alvez
68'
J. Alvez
Cartão Amarelo
68'
D. Churín
Cartão Amarelo
66'
F. Martínez
Gol
66'
L. Martínez
Assistência
63'
S. Díaz
J. Benítez
60'
J. Colmán
F. Carrizo
60'
Gabriel Marques
Cartão Amarelo
46'
A. Espínola
R. Cáceres
Início de jogo
42'
F. Amorebieta
Cartão Amarelo
34'
L. Martínez
Gol
34'
F. Martínez
Assistência
13'
J. Benítez
Cartão Amarelo
13'
V. Mendoza
J. Burrai
Início de jogo
3
1
3
3

Estatítiscas

Posse de bola
% %
12
1
Chutes fora do gol
Chutes no gol 6 4
Total de passes 508 212

Comentários

Com a vitória por 5 a 0 no agregado, o Barcelona vai à próxima fase e volta a jogar na Libertadores já na semana que vem, no dia 04/03, contra o Independiente del Valle, em Guayaquil.
Com mais uma grande atuação, o Barcelona de Guayaquil sobrou em campo, fez valer seu plano de jogo e com uma sonora goleada por 4 a 0 fora de casa, despachou o Cerro Porteño para se garantir na fase de grupos da Libertadores 2020 com o placar agregado de 5 a 0 contra a equipe paraguaia. Após descer para o intervalo perdendo por 1 a 0, o Cerro bem que tentou imprimir dinamismo no começo da segunda etapa e chegou a assustar o goleiro Mendoza em algumas oportunidades. No entanto, aos 11 minutos, Amorebieta parou um contra-ataque perigoso com falta, levou o segundo amarelo e acabou sendo expulso de campo. Jogando com um homem a menos, os donos da casa não conseguiram ser incisivos em suas jogadas ofensivas, acabaram dando espaço para o contra-golpe equatoriano e dão adeus à competição no meio do caminho. O Barcelona, jogando sem pressão, soube aproveitar os espaços concedidos e fechou o placar de 4 a 0 com gols de Damián Díaz, Emmanuel Martínez e dois por cobertura do artilheiro da Libertadores com 8 gols, Fidel Martínez. A equipe dirigida por Fabián Bustos está classificada para a próxima fase e completa o Grupo A ao lado de Flamengo, Junior Brranquila e Independiente del Valle.
90' + 4' Apita Anderson Daronco! Fim de jogo no La Olla!
90' + 2' NÃO ENTROU! O Cerro tem a melhor chance de marcar neste fim de jogo, foram três oportunidades mas a bola teimou em não entrar e a zaga tira em cima da linha.
90' O Cerro não se entrega e segue em busca de um gol até o final da partida.
88' Velasco fica no chão após choque com a marcação e recebe atendimento médico em campo.
M. Oyola
D. Díaz
Barcelona de Guayaquil
85' Última mudança no Barcelona: Oyola entra no lugar de Damián Díaz.
F. Martínez
Gol
Barcelona de Guayaquil
82' GOOOOOOL! DO BARCELONA! E mais um golaço! O artilheiro da Libertadores, Fidel Martínez, recebe passe em profundidade, encobre Muñoz com muita categoria e faz o quarto da equipe no jogo e o seu oitavo na competição. Cerro Porteño 0 x 4 BARCELONA DE GUAYAQUIL
D. Díaz
Assistência
Barcelona de Guayaquil
82' Assistência Damián Rodrigo Díaz
B. Castillo
Cartão Amarelo
Barcelona de Guayaquil
81' Castillo entra de carrinho nas pernas de Víctor Cáceres, faz falta feia e leva o amarelo.
78' Escanteio cobrado no meio da área equatoriana, e a zaga afasta de cabeça.
76' Com um jogador a menos em campo, o Cerro Porteño não consegue trabalhar as jogadas com qualidade e fica cada vez mais distante do gol defendido por Mendoza.
D. Díaz
Gol
Barcelona de Guayaquil
73' GOOOOOOL! DO BARCELONA! Damián Díaz recebe um presente em passe errado da zaga paraguaia, fica cara a cara com Muñoz e toca na saída do goleiro para fazer o terceiro gol da equipe. Cerro Porteño 0 x 3 BARCELONA DE GUAYAQUIL
B. Castillo
J. Alvez
Barcelona de Guayaquil
72' O Barcelona faz a primeira alteração por opção do treinador: sai o amarelado Jonathan Álvez e entra Castillo em seu lugar.
71' A bola volta a rolar no La Olla.
J. Alvez
Cartão Amarelo
Barcelona de Guayaquil
68' Jonathan Álvez também leva o amarelo por conta da confusão.
D. Churín
Cartão Amarelo
Cerro Porteno
68' Princípio de confusão entre os jogadores após o gol de Fidel e Churrín acaba levando o cartão amarelo.
F. Martínez
Gol
Barcelona de Guayaquil
66' GOOOOOOL! E QUE GOLAÇO DO BARCELONA! Fidel Martínez recebe no bico da área, aplica um drible desconcertante em VIctor Cáceres e dá um belo toque por cima de Muñoz para ampliar o placar. Cerro Porteño 0 x 2 BARCELONA DE GUAYAQUIL
L. Martínez
Assistência
Barcelona de Guayaquil
66' Assistência Leandro Emmanuel Martínez
66' Arzamendia cruza da linha de fundo, a bola faz a curva por fora dos limites do campo e é apenas tiro de meta para o Barcelona.
65' Fidel Martínez encontra um belo passe para Jonathan Álvez em profundidade, o atacante uruguaio prefere cavar uma falta e Daronco manda seguir.
65' Confusão dentro da área equatoriana, ninguém consegue completar para o gol e o Barcelona sai jogando com a bola dominada.
S. Díaz
J. Benítez
Cerro Porteno
63' Última mudança no Cerro Porteño: Sérgio Díaz, ex-jogador do Corinthians, entra no lugar de Benítez.
63' Falta cobrada na área do Barcelona, a zaga afasta e o Cerro fica com o escanteio.
62' Fidel Marínez aplica uma bela caneta com um toque seco para cima de Arzamendia e sofre a falta na sequência.
J. Colmán
F. Carrizo
Cerro Porteno
60' Mais uma mudança no Cerro: Colman entra no lugar de Carrizo.
Gabriel Marques
Cartão Amarelo
Barcelona de Guayaquil
60' Cartão amarelo para o brasileiro Gabriel Marques por falta dura no meio-campo.
60' Gabriel Marques faz a tabela pelo meio, recebe em profundidade, cai no chão em disputa de bola dentro da área mas Daronco manda seguir.
58' Espínola, dessa vez, erra um passe bobo e desperdiça mais uma chegada do Cerro pela direita.
56' Amorebieta para a jogada de contra-ataque equatoriano ao agarrar Jonathan Álvez pela cintura, leva o segundo amarelo e é expulso de campo.
56' NÃO ENTROU! Mais uma boa jogada de Espínola pela direita, Cardozo Lucena chuta rasteiro, a bola bate na parte interna do pé de Mendoza, passa vagarosamente pela frente do gol e sai pela linha de fundo.
54' QUASE! Sequência de chances claras para o Cerro e, na melhor delas, Carrizo dribla Mendoza mas não consegue bater para o gol e acaba ficando com o escanteio após o corte da zaga.
53' Assim como no primeiro tempo, o Cerro mantém a posse de bola mas encontra dificuldades em chegar à área equatoriana. 
52' Carrizo cobra o escanteio na entrada da pequena área, Cáceres completa de cabeça e a bola passa sobre o gol de Mendoza.
50' PERDEU! Cruzamento alto da linha de fundo, Víctor Cáceres briga pela bola que sobra para Churrín chegar batendo e mandar por cima do gol. Mais uma oportunidade perdida pelo Cerro Porteño.
48' Em jogada de ataque do Cerro pela esquerda, a bola chega limpa para a finalização de cabeça de Churrín, que erra o alvo e é apenas tiro de meta para o Barcelona de Guayaquil.
47' Em sua primeira jogada, Espínola chega à linha de fundo, arrisca o cruzamento mas a bola sai pela linha de fundo. Tiro de meta para o Barcelona.
A. Espínola
R. Cáceres
Cerro Porteno
46' Primeira mudança no Cerro: Raúl Cáceres é sacado para a entrada de Espínola.
46' Autoriza o árbitro! Bola rolando no La Olla!
Mesmo com o La Olla lotado para apoiar o Cerro Porteño, a equipe não conseguiu perfurar o bloqueio defensivo equatoriano, abusou das jogadas em bola aérea e, após acertar o travessão em cabeceio de Amorebieta, foi castigado com o gol de Emmanuel Martínez em jogada em velocidade, característica do Barcelona de Guayaquil nessa fase preliminar da Libertadores. O Barcelona de Guayaquil, que já entrou em campo com a vantagem por 1 a 0, jogou com a defesa recuada, buscou explorar as jogadas de contra-ataque e acabou premiado pela aplicação de seu plano de jogo. O destaque negativo do primeiro tempo fica por conta da forte lesão sofrida pelo goleiro Burrai, do Barcelona, ao levar um chute involuntário de Benítez, no rosto. O goleiro sofreu um corte no rosto e foi retirado do campo de ambulância para ser atendido em um hospital da região.
45' + 11' Apita o árbitro! Fim do primeiro tempo!
45' + 9' O Cerro segue insistindo nas bolas levantadas na área e Mendoza sai do gol para ficar com a bola mais uma vez.
45' + 8' Cruzamento fechado em cobrança de falta do Barcelona, Muñoz sai do gol e encaixa a bola com segurança.
45' + 7' Díaz tenta aplicar dois dribles em sequência, é derrubado por Ruiz e o Barcelona recomeça lá de trás.
45' + 7' Daronco adiciona um minuto aos acréscimos para o primeiro tempo.
45' + 6' Mesmo com a derrota parcial, a torcida paraguaia não para de cantar no La Olla.
45' + 5' Patiño cruza de primeira do bico da área e Mendoza sai do gol para ficar com a bola sem dar rebote.
45' + 4' Jonathan Álvez disputa a bola no corpo, tenta cavar uma falta mas Daronco não cai na dele e manda o jogo seguir.
45' + 3' Cardozo cruza na direção de Churrín, que raspa de cabeça e Mendoza faz a defesa no meio do gol.
45' + 1' Daronco aponta 9 minutos de acréscimo por conta da paralização para atendimento ao goleiro Burrai.
44' FUROU! Bola cruzada na área do Barcelona, Carrizo fica com a sobra mas fura na hora de chutar o Cerro perde grande oportunidade de empatar a partida.
F. Amorebieta
Cartão Amarelo
Cerro Porteno
42' Amorebieta chega duro em Jonathan Álvez e leva o primeiro amarelo da partida.
40' Cáceres é lançado em profundidade, fica no chão pedindo falta mas Daronco manda seguir.
38' O Cerro insiste nas jogadas de bola aérea e a zaga do Barcelona, bem posicionada, afasta as investidas do jeito que dá.
37' Com o gol sofrido, o Cerro Porteño terá de virar o placar e vencer por, pelo menos, dois gols de diferença para garantir a vaga.
36' O Barcelona põe em prática o que tem de melhor e com muita velocidade, surpreende a zaga paraguaia e abre o placar no La Olla.
L. Martínez
Gol
Barcelona de Guayaquil
34' GOOOOOOL! DO BARCELONA! Bela triangulação da equipa equatoriana começando com um bom passe de Díaz, assistência perfeita de Fidel e terminando com um toque de classe na saída de Muñoz por parte de Emmanuel Martínez. Cerro Porteño 0 x 1 BARCELONA DE GUAYAQUIL
F. Martínez
Assistência
Barcelona de Guayaquil
34' Assistência Fidel Francisco Martínez Tenorio
33' Cruzamento baixo na primeira trave, Muñoz sai do gol e encaixa a bola com segurança.
32' Pineida tenta resolver sozinho pela esquerda, acaba derrubado por Raúl Cáceres e o Barcelona terá a chance de levantar a bola na área.
31' Mendoza demora demais para recolocar a bola em jogo e Daronco aplica um aviso verbal no goleiro.
30' Escanteio cobrado curto, carrizo cruza do bico da área mas a bola sobe demais e sai pela linha de fundo.
30' Com todos os jogadores atrás da linha de meio-campo, o Barcelona chama o Cerro para o seu campo defensivo e espera uma oportunidade para partir em contra-ataque.
28' Jonathan Álvez fica com a sobra na entrada da área, tenta o chute e fica com oescanteio após o desvio na zaga.
27' Bola alçada na área em cobrança de falta e Daronco assinala uma falta de ataque do Cerro Porteño.
27' Carrizo é puxado na intermediária e o Cerro tem a oportunidade de levantar mais uma bola na área.
26' O Barcelona respira após a blitz paraguaia e tenta sair para o jogo com a bola dominada.
24' MENDOZA! Churrín ganha no corpo na linha de fundo e cruza na área, Ruiz chega batendo com força e obriga Mendoza a fazer grande defesa com a ponta dos dedos.
23' NO TRAVESSÃO! Arzamendia cruza a bola no meio da área, Amorebieta sobe alto e cabeceia sem muita força mas a bola perde altura, engana Mendoza e beija o travessão. Quase o primeiro gol do jogo!
22' Jogando fora de casa, o Barcelona aposta nas jogadas em contra-ataque mas esbarra no posicionamento avançado da defesa paraguaia.
21' O Cerro Porteño tenta se aproximar na base do abafa e a defesa do Barcelona tem muito trabalho neste começo de partida.
20' Bola longa em infiltração para Óscar Ruiz e Mendoza sai do gol para ficar com a bola.
19' Escanteio cobrado sem altura na primeira trave e Jonathan Álvez afasta de cabeça armando o contra-ataque.
18' Churrín parte em velocidade pela ponta esquerda, cruza rasteiro na diagonal e Pineida aparece de forma providencial para cortar a bola para encanteio.
17' Pineida recebe na ponta esquerda, dá um tapa para dentro e chuta cruzado mas acaba errando o alvo e é apenas tiro de meta para o Cerro Porteño.
16' Mais uma tentativa de jogada individual de Benítez perto da área e a zaga corta pela lateral.
15' O Barcelona tenta apertar pela esquerda mas Patiño estava esperto para se antecipar e recuperar a posse de bola.
14' A bola volta a rolar no La Olla!
J. Benítez
Cartão Amarelo
Cerro Porteno
13' Daronco aplica o cartão amarelo a Benítez por conta da falta em Burrai.
V. Mendoza
J. Burrai
Barcelona de Guayaquil
13' Burrai sai de campo lesionado e Mendoza entra em seu lugar.
12' Burrai é retirado de campo pela ambulância e Mendoza se prepara para entrar em seu lugar.
8' Benítez também ficou sentindo por conta da jogada e também recebe atendimento em campo.
7' Bola longa para Benítez, o atacante acerta o goleiro Burrai com o bico da chuteira e faz um corte no rosto do jogador. Partida paralisada para atendimento médico.
6' Com muitas bexigas azuis e grenás em campo, o árbitro Anderson Daronco paralisa a partida para a remoção dos artefatos.
5' Velasco faz a tabela pela direita mas acaba cometendo a falta de ataque.
4' Victor Cáceres faz a falta no meio campo, dá um pisão em Jonathan Álvez e os equatorianos ficam na bronca com o ex-jogador do Flamengo.
3' Churrín recebe boa bola de Carrizo, tenta o passe para o meio da área mas a zaga corta o perigo.
2' O Cerro começa controlando a posse de bola e tentando imprimir seu plano de jogo.
1' Autoriza o árbitro! Bola rolando no La Olla!
O Barcelona de Guayaquil vem para o jogo no 4-2-3-1 e está escalado da seguinte maneira: Burrai - Velasco, Bedoy, Riveros, Pineida - Gabriel Marques, Piñatares - Emmanuel Martínez, Díaz, Fidel Martínez e Jonathan Álvez.
O Cerro Porteño está escalado no 4-4-2 para essa partida e entra em campo com os seguintes jogadores: Muñoz - Raúl Cáceres, Patiño, Amorebieta, Arzamendia - Cardozo Lucena, Víctor Cáceres, Carrizo, Ruiz - Churrín e Benítez.
O Barcelona de Guayaquil, dirigido por Fabián Bustos, joga pelo empate mas se depender do histórico da equipe nesta etapa preliminar da Libertadores, dará trabalho a mais uma defesa no jogo de logo mais. Com muita movimentação dos homens de frente e rigidez de seu sistema defensivo, a equipe equatoriana colecionou boas vitórias até aqui e tem em Fidel Martínez a maior esperança de gols para o restante da competição. O jogador marcou gols em todas as partidas disputadas e lidera a artilharia com 6 gols marcados. O técnico Fabián Bustos mandará para campo praticamente a mesma equipe que vinha jogando com a exceção do zagueiro Bedoya, que entra no lugar do suspenso Aimar.
O técnico do Cerro Porteño, Francisco Arce, consciente da necessidade de demonstrar um futebol mais ofensivo para buscar a vitória e a classificação, promoverá uma importante mudança na equipe que vinha jogando as últimas partidas. O centroavante Valdez começará a partida no banco de reservas e o ex-lateral de Grêmio e Palmeiras escalará o ataque da equipe com dois jogadores: Benítez e Churrín. Por conta da alteração no plano de jogo, o volante Villasanti volta a ser opção para o decorrer da partida. O ex-volante do Flamengo, Víctor Cáceres conquistou a confiança de Arce e segue no time titular para o jogo de hoje.
Após vencer no Equador por 1 a 0, o Barcelona de Guayaquil vai ao Paraguai para tentar manter a vantagem e carimbar a classificação para a fase de grupos da competição de clubes mais importante das Américas. Para garantir a vaga, a equipe equatoriana terá de segurar o ímpeto ofensivo dos adversários e, quem sabe, marcar gols para facilitar o caminho para a próxima fase. O Cerro Porteño, por sua vez, se resumiu a defender jogando longe de sua torcida e quer aproveitar o caldeirão preparado no La Olla para envolver o Barcelona, pôr em prática seu futebol ofensivo e reverter o resultado. A equipe que sair vitoriosa na noite de hoje se classificará para o grupo composto pelo atual campeão Flamengo, Independiente del Valle e Junior Barranquilla.
Sejam bem-vindos e bem-vinda à nossa transmissão de Cerro Porteño (PAR) e Barceloda de Guayaquil (ECU), em duelo válido pela partida de volta da última fase da etapa preliminar da Copa Libertadores da América. A bola rola às 19h15, no Estádio La Olla, em Assunção e o apito inicial será responsável pelo árbitro brasileiro Anderson Daronco.
Comentários ()