Vivaço! Grêmio vence Rosario Central e ganha força na Copa Libertadores

Tricolor gaúcho poderia ser eliminado da Copa nesta quarta-feira, mas fez 3 a 1 nos argentinos e voltou a sonhar com classificação. Jean Pyerre e Leonardo, duas vezes, marcaram

Uma das diferenças do clube grande para os demais é que dele nunca se pode duvidar. Não se duvida do Grêmio, principalmente em Copa CONMEBOL Libertadores. A estátua de Renato Portaluppi em frente à Arena é também para lembrar a todos: ali joga um clube apelidado de Imortal e não por acaso. Pergunte ao Rosario Central (ARG). Quando alguém podia achar que o Tricolor gaúcho estava eliminado ele vai e bate os argentinos por 3 a 1 nesta quarta-feira (clique para detalhes e estatísticas do jogo). O Grêmio está vivo!

Está vivo porque conta com o talento do endiabrado Everton. O atacante da Seleção Brasileira infernizou a defesa argentina, travou um duelo particular com o goleiro Ledesma, que levou a melhor. Mas não levou contra Jean Pyerre, outra joia gremista, que recebeu assistência de Everton para abrir o placar. Ponto para Renato, mais uma vez premiado por aposta em um garoto. 

O Grêmio está vivo porque mesmo quando os nomes mais importantes não decidem, outros surgem como heróis. Foi o caso do lateral-direito Leonardo, que subiu ao ataque para dar a tranquilidade esperada pelos gremistas. Dois gols dele para estufar o peito daqueles que nunca desistem. E para não se incomodar com o gol de Aguirre, de honra para o Rosario no fim.

Último brasileiro campeão da Copa, em 2017, o Grêmio está vivo porque voltou a brigar intensamente por cada bola e porque controlou o jogo a seu modo. Ao Rosario, restou o contra-ataque, impedido pela boa defesa dos gaúchos. Paulo Victor que o diga!

O Grêmio está vivo com quatro pontos no Grupo H. Faltam dois jogos. O time de Renato Portaluppi volta a depender de suas forças. É imortal!

Fechar