CONMEBOL Libertadores 1994: Vélez Sarsfield desbanca hegemonia do São Paulo em título inédito

Surpresa argentina passa por três clubes brasileiros na caminhada até a Glória Eterna, conquistada nos pênaltis

O São Paulo mandava na América e tomou gosto pela CONMEBOL Libertadores. Bicampeão em 1992 e 1993, o time comandado por Telê Santana teve a série interrompida pelo Vélez Sarsfield.

O time argentino precisou enfrentar brasileiros já na Fase de Grupos. Esteve ao lado de Palmeiras, Cruzeiro e Boca Juniors. O Vélez avançou em primeiro e teve o Defensor, do Uruguai, nas oitavas de final.

Depois de dois empates, a classificação veio nas penalidades, quando o goleiro Chilavert brilhou. Nas quartas, o Minervén, da Venezuela, não foi páreo para a equipe treinada por Carlos Bianchi. Empate fora e vitória em casa garantiram a sequência na competição sul-americana.

Vélez Sarsfield Libertadores 1994

Na semifinal, mais uma vez pênaltis pela frente. Empates contra o Atlético Nacional e o passaporte à final veio nas penalidades, em casa.

A decisão contra o atual bicampeão teve o mesmo final das oitavas e semis. Vitória em Buenos Aires por 1 a 0, e o São Paulo devolveu o placar no Morumbi. Chilavert apareceu, mais uma vez, e ajudou o Vélez Sarsfield a levantar a inédita Libertadores.

NÚMEROS DO CAMPEÃO

14 jogos
6 vitórias
5 empates
3 derrotas
15 gols pró
12 gols contra
Artilheiro: Omar Asad (6 gols)

FICHAS TÉCNICAS

Vélez Sarsfield 1-0 São Paulo

Data: 24/8/1994
Local: José Amalfitani, Bueno Aires (Argentina)
Libertadores: Final, ida
Árbitro: José Torres Cadena (Colômbia)

Vélez Sarsfield: José Luis Chilavert, Flavio Zandoná, Roberto Trotta, Victor Sotomayor, Raúl Cardozo, Christian Bassedas, Marcelo Gómez, José Basualdo, Roberto Pompei, Omar Asad (Claudio Husain), José Oscar Flores (Fabián Fernández). Técnico: Carlos Bianchi.

São Paulo: Zetti; Vítor, Válber, Júnior Baiano, Gilmar, Cafu, Axel, André Luiz, Palhinha (Juninho Paulista), Müller, Euller. Técnico: Telê Santana.

Gol: Omar Asad (30’).

São Paulo 1 (3)-(5) 0 Vélez Sarsfield

Data: 31/8/1994
Local: Morumbi, São Paulo (Brasil)
Libertadores: Final, volta
Árbitro: Ernesto Filippi (Uruguai)

São Paulo: Zetti, Vítor (Juninho Paulista), Válber, Júnior Baiano, Gilmar, Cafu, Axel, André Luiz, Palhinha, Müller, Euller. Técnico: Telê Santana.

Vélez Sarsfield: José Luis Chilavert, Flavio Zandoná, Roberto Trotta, Raúl Cardozo, Héctor Almandóz, Maurício Pellegrino, Christian Bassedas, Marcelo Gomez, José Basulado (Roberto Pompei), Omar Asad, José Carlos Flores (Claudio Husain). Técnico: Carlos Bianchi.

Gol: Müller (33’).

Fechar