Todas as participações do Palmeiras na Copa CONMEBOL Libertadores

Campeão brasileiro irá disputar a competição pela 19ª vez em sua história: Verdão soma quatro finais e foi até a semi, como em 2018, sete vezes. Confira os números

Campeão brasileiro pela décima vez, o Palmeiras irá disputar, a partir da próxima quarta-feira, sua 19ª Copa CONMEBOL Libertadores , um recorde no país, ao lado de Grêmio e São Paulo . Semifinalista em 2018, eliminado pelo Boca Juniors , o Verdão tentará novamente o título que não conquista desde 1999, ano de sua única taça do torneio. A estreia será no mesmo lugar da última edição e contra o mesmo adversário: o Junior , em Barranquilla, às 21h30 (de Brasília), na quarta, com transmissão da TV Globo e Fox Sports (também via Fox Play ).

Com 91 vitórias na Copa desde sua primeira participação em 1961, o Palmeiras é o segundo clube brasileiro com mais jogos vencidos, atrás do Grêmio (95). O clube paulista tem 174 partidas na competição (empatou outras 33 e perdeu 50). Veja o histórico do clube :

Arte - Palmeiras Libertadores (2)


CAMPEÃO


Palmeiras, campeón de la Copa Libertadores 1999

Comandando pelo atual treinador do clube, Luiz Felipe Scolari , o Palmeiras conquistou a Libertadores de 1999 ao vencer do Deportivo Cali, da Colômbia, nos pênaltis, no antigo Palestra Itália.


VICES


Riquelme Galeano Boca Palmeiras Final Copa Libertadores 2000  
A última final disputada pelo Palmeiras foi em 2000: vice-campeão após perder, nos pênaltis, no Morumbi, para o Boca Juniors. O Verdão também ficou com o vice da CONMEBOL Libertadores em 1961 (contra o Peñarol) e 1968 (contra o Estudiantes).


SEMIS


Palmeiras Boca Copa Libertadores 31102018  
A equipe caiu na semifinal, no Allianz Parque, para o Boca Juniors em 2018 (empate em 2 a 2 após derrota por 2 a 0 na Bombonera). Foi a sétima vez que o Palmeiras chegou à fase, alcançada em 2001, 2000, 1999, 1971, 1968 e 1961.


OUTRAS EDIÇÕES


Palmeiras Barcelona-EQU Libertadores 09082017  
Em 2017, o Palmeiras caiu nas oitavas de final , no Allianz Parque, para o Barcelona, do Equador, nos pênaltis após dois placares de 1 a 0, contra e a favor. A fase foi o limite também em 2013 (Tijuana), 2006 (São Paulo), 2005 (São Paulo) e 1994 (São Paulo). O Verdão foi até as quartas de final em 2009 (Nacional-URU) e 1995 (Grêmio). O Palmeiras caiu na fase de grupos de 2016 e nas antigas primeiras fases de 1973, 1974 e 1979.

Fechar