Todas as participações do Cruzeiro na Copa CONMEBOL Libertadores

Bicampeã da maior competição da América do Sul, a Raposa inicia a sua caminhada na fase de grupos em 2019 em sua 17ª participação. Rival da estreia é o Huracán

Atual bicampeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro   estreia na Copa CONMEBOL Libertadores 2019 no dia 7 de março. Cabeça de chave do Grupo B, a Raposa enfrentará o Huracán , às 19h (de Brasília), no El Palacio, em Buenos Aires.

Será a primeira partida da Copa envolvendo uma equipe brasileira com transmissão exclusiva pelo Facebook Watch, a principal novidade da edição deste ano em relação à exibição dos jogos. Se você ainda não sabe como ter acesso ao canal online, leia o guia disponível no Copalibertadores.com .    

Será a 17ª aparição do Cruzeiro na Libertadores. O caminho rumo ao tri é o conhecido. Serão 13 jogos até a tão sonhada taça. A Raposa tentará disputar a sua quinta final continental. O retrospecto geral na competição é de 158 partidas, com 90 vitórias, 30 empates e 38 derrotas. Veja o histórico :

Cruzeiro - Libertadores 2019


CAMPEÃO


Cruzeiro Libertadores 1997

O Cruzeiro venceu a Libertadores em duas oportunidades. Em 1976, superou o River Plate , da Argentina. O jogo decisivo foi no Estádio Nacional de Santiago, no Chile. Os mineiros venceram por 3-2. O lance mais marcante foi o gol de Joãozinho em cobrança de falta.

Em 1997, o Cruzeiro bateu o Sporting Cristal , do Peru, na decisão. O time celeste venceu o jogo de volta, no Mineirão, por 1-0. Elivelton fez o gol decisivo do confronto e Dida foi um dos grandes nomes em campo.


VICE-CAMPEÃO


Veron Estudiantes Cruzeiro Libertadores 2009

Depois do título de 1976, o Cruzeiro voltou a uma final de Libertadores no ano seguinte. O Boca Juniors era o adversário na decisão. Após perder por 1-0 na ida, em Buenos Aires, a Raposa venceu pelo mesmo placar na volta, em Belo Horizonte. À época, a solução para a igualdade era um terceiro jogo de desempate em campo neutro. As equipes se enfrentaram em Montevidéu, e os xeneizes saíram campeões depois de vencerem nos pênaltis por 5-4.

O outro vice-campeonato cruzeirense aconteceu já no formato atual. Na Copa CONMEBOL Libertadores 2009, o s mineiros empataram em 0-0 com o Estudiantes na partida de ida da decisão, na Argentina, e foram derrotados por 2-1 em pleno Mineirão no duelo de volta.


SEMIFINAIS


Nas edições de 1967 e 1975, o Cruzeiro caiu na fase semifinal. O torneio tinha outro formato. Havia 20 clubes divididos em cinco grupos cada. Os seis melhores avançavam para as semifinais, disputada em dois grupos. Os primeiros de cada chave iriam para a grande decisão. Em sua primeira participação de semifinal, os mineiros caíram no grupo que tinha Nacional e Peñarol , ambos do Uruguai. Na segunda, a Raposa foi eliminada no grupo com Independiente e Rosario Central , ambos da Argentina.


OUTRAS EDIÇÕES


Dedé Cruzeiro Boca Libertadores 04 10 2018

Nas outras vezes em que disputou a Copa, o máximo que o time atingiu foi as quartas de final em 2001, 2010, 2014, 2015 e 2018, sua última participação. Antes disso, o clube foi eliminado nas oitavas de final em 1994, 1998, 2004, 2008 e 2011.

Fechar