Todas as participações do Atlético-MG na Copa CONMEBOL Libertadores

Em busca do bicampeonato da América em 2019, Galo passou por dois uruguaios nas preliminares e se garantiu na fase de grupos

A Copa CONMEBOL Libertadores de 2019 começou mais cedo para o Atlético-MG. Sexto colocado no último Campeonato Brasileiro, o Galo não obteve vaga direta e, desta forma, precisou disputar as etapas preliminares. Deixou dois uruguaios pelo caminho, Danubio e Defensor, e assegurou uma vaga no Grupo E.

Na primeira rodada da fase de grupos, os atleticanos terão pela frente o Cerro Porteño, do Paraguai. O jogo será no dia 6 de março, às 19h15 (de Brasília), no Independência.  

É a décima participação do clube no torneio. A última havia ocorrido em 2017. O retrospecto geral na competição é de 85 partidas, com 38 vitórias, 26 empates e 21 derrotas. Veja o histórico:

Atlético-MG - Libertadores 2019


CAMPEÃO


Ronaldinho Diego Tardelli Richarlyson Atlético-MG Olimpia 24072013 Copa Libertadores

O Atlético-MG venceu a Copa CONMEBOL Libertadores em apenas uma oportunidade na história e é o penúltimo brasileiro a vencer a competição (Grêmio levou em 2017). O título foi conquistado em 2013, diante do Olimpia, do Paraguai, em uma final dramática. A equipe era comandada por Cuca, que deixou o Santos recentemente e teve Victor, até hoje no clube, como grande herói pelo pênalti defendido nas quartas, contra o Tijuana. Ronaldinho foi outro grande destaque daquela conquista, que veio nos pênaltis em noite histórica no Mineirão.


SEMIFINAL


Os 20 clubes foram divididos em 5 grupos com 4 equipes cada na Libertadores 1978. Todos se enfrentaram em jogos de ida e volta em cada chave. A equipe que terminasse em 1° lugar avançava para a fase semifinal. Os 5 clubes se juntaram ao Boca Juniors - campeão da edição anterior - e foram divididos em dois grupos. Assim como na fase inicial, as duas primeiras colocadas se enfrentavam na final do torneio. O Galo foi eliminado no grupo com Boca e River Plate. Os xeneizes ficaram na primeira colocação da chave.


OUTRAS EDIÇÕES


Juan Cazares Raul Olivares Atletico-MG Jorge Wilstermann Libertadores 09082017

Nas outras vezes em que disputou a Copa, o máximo que o time atingiu foi as quartas de final, em 2016 e 2000. Na última participação, em 2017, o clube caiu nas oitavas para o Jorge Wilstermann, da Bolívia. Antes disso, além de 1978, o time jogou o torneio em 1972 e 1981 e ficou nas primeiras fases, disputadas em outro formato.

Fechar