Título da Libertadores do Flamengo completa 37 anos

Em 23 de novembro de 1981, Fla bateu o Cobreloa no Uruguai e Zico, autor de dois gols, ergueu a taça mais importante da América do Sul

23 de novembro é uma data especial para a torcida do Flamengo. Há exatos 37 anos, o Rubro-Negro conquistou seu primeiro e único título da Copa CONMEBOL Libertadores, conduzido em campo pelo maior ídolo da história do clube: Zico, autor de gois gols na grande decisão.

O Flamengo venceu o Cobreloa, do Chile, por 2 a 0 no terceiro jogo decisivo, com um gol do Galinho em cada tempo. A partida-desempate foi necessária por que o Fla ganhou a ida, no Maracanã, por 2 a 1, mas perdeu o duelo de volta (1 a 0), em Santiago. A decisão foi para 23 de novembro de 1981, no Estádio Centenário, em Montevidéu.

A equipe brasileira venceu os chilenos com a seguinte escalação: Raul, Nei Dias, Marinho, Mozer e Júnior; Andrade, Leandro e Zico; Tita, Nunes e Adílio. Paulo César Carpegiani era o treinador do Fla na conquista que antecedeu o título Mundial do mesmo ano, obtido com vitória por 3 a 0 sobre o Liverpool, da Inglaterra.

A final de 1981 da Libertadores foi a única disputada pelo Flamengo na história da Copa. O Rubro-Negro, atual vice-líder do Campeonato Brasileiro, já está classificado para a fase de grupos do torneio em 2019. A equipe foi eliminada nas oitavas de final neste ano, contra o Cruzeiro.

Relembre a conquista de 81:

Fechar