Tite é o primeiro técnico brasileiro campeão da Copa América e da CONMEBOL Libertadores na história

Técnico é o único a conquistar os dois torneios de forma invicta. Ele tem ainda uma CONMEBOL Sul-Americana no currículo

O Brasil venceu o Peru por 3 a 1 na final da Copa América, neste domingo, no Maracanã, com gols de Everton, Gabriel Jesus e Richarlisson (Guerrero fez para os peruanos). Vários nomes se eternizam na competição, mas há um em especial, que fica no banco de reservas.

Sete anos e três dias depois de conquistar a CONMEBOL Libertadores com o Corinthians, em 2012, Tite marcou ainda mais sua história no futebol do Brasil e do continente sul-americano. O novo campeão da Copa América com a Seleção Brasileira é o primeiro treinador do país a colocar no currículo os dois títulos continentais, de clubes e de seleções.

Tite é o novo técnico campeão da Copa América em nove conquistas do Brasil. Haroldo Domingues (1919), Arthur Antunes de Moraes (1922), Flávio Costa (1959), Sebastião Lazaroni (1989), Zagallo (1997), Vanderlei Luxemburgo (1999), Carlos Alberto Parreira (2004) e Dunga (2007) são os outros - nenhum deles tem a Libertadores no currículo.

O treinador brasileiro também está num grupo seleto na América do Sul. Ele é o quinto a ter a duas Copas no currículo. Campeões da Copa América com o Uruguai, Hugo Bagnulo (Peñarol, 1982), Roberto Fleitas (Nacional, 1988) e Oscar Tabárez (Peñarol, 1987) conquistaram a Libertadores. Francisco Maturana levou as taças com a Colômbia (2001) e Atlético Nacional (1989).

Tite - 2012 e 2019

A façanha de Tite torna-se ainda maior por um fato: os títulos do Corinthians, de 2012, e do Brasil, de 2019, vieram de forma invicta. É o único entre os cinco técnicos com esta marca. Campeão da CONMEBOL Sul-Americana com o Internacional em 2008 e da Recopa pelo Timão em 2013, Tite também é o único que soma as quatro taças na história.

A lista de jogadores campeões da Libertadores e da Copa América é mais extensa e ganha agora mais cinco jogadores: Cássio, Marquinhos, Alex Sandro, Arthur e Everton, este último o único que ainda joga no Brasil, no Grêmio, onde sagrou-se campeão continental em 2017. Everton brilhou na final com o primeiro gol e terminou a Copa como artilheiro, com três, ao lado de Guerrero.

São agora 72 jogadores com os dois troféus na história. Os maiores campeões são Cafu (Brasil), Francescoli (Uruguai) e Nelson Gutiérrez (Uruguai), com quatro títulos somados das duas Copas.

Tite - Libertadores 2012 - Corinthians

Fechar