São Paulo atinge marca histórica em noite amarga e sonha com virada na Copa Libertadores

Tricolor passou a ser sozinho o clube brasileiro que mais jogos disputou na história da competição. Clube precisa vencer por três gols de diferença no Morumbi

O São Paulo obteve uma marca histórica numa noite amarga de Copa CONMEBOL Libertadores . A derrota por 2 a 0 para o Talleres, em Córdoba, complicou a vida do Tricolor na segunda fase de 2019 e ao mesmo tempo fez do clube o recordista em jogos disputados entre os brasileiros na principal competição sul-americana.

O jogo na Argentina foi o de número 182 do São Paulo em sua 19ª participação na Copa, superando assim o Grêmio, que entrou em campo 181 vezes. Paulistas e gaúchos são tricampeões da Libertadores, ao lado do Santos. Os três clubes que jogaram mais edições do torneio são: São Paulo, Grêmio e Palmeiras - os dois últimos entram na fase de grupos neste ano, daqui a um mês.

O Nacional, do Uruguai, é o recordista em jogos no geral: 377 partidas.

Placa Hernanes

Clube do Brasil que mais finais jogou (seis) e em mais semis chegou (dez), o Tricolor paulista tem um enorme desafio na próxima quarta, no Morumbi. A equipe precisa vencer o Talleres por três gols de diferença se não quiser depender de pênaltis. Vitória por 2 a 0 levará às cobranças e, caso os brasileiros sejam vazados, vantagem de dois gols dará vaga aos argentinos.

Apesar de abalado com o resultado em Córdoba, Hernanes, que voltou a jogar a Libertadores após nove anos pelo São Paulo, demonstrou otimismo na virada.

"Foi um resultado que a gente não esperava. Eles acharam dois bons chutes, mas não acabou. Tenho plena confiança de que faremos um grande jogo em casa. É fazer um gol, depois o outro. Com ajuda do torcedor, vamos conseguir. Na minha visão, nossa equipe é superior", disse Hernanes.

Clubes do Brasil que mais jogaram

  1. São Paulo - 182
  2. Grêmio - 181
  3. Palmeiras - 174
  4. Cruzeiro - 158
  5. Santos - 130 

Fechar