San Lorenzo e Palmeiras se reencontram na Libertadores quase 20 anos após única decisão entre os clubes

Argentinos e brasileiros decidiram uma vaga na final da Copa Mercosul de 1999, quando o Verdão levou a melhor. Palmeiras é o líder do Grupo F

San Lorenzo e Palmeiras irão se reencontrar nesta terça-feira, em Buenos Aires, quase 20 anos depois dos únicos embates entre os clubes por competições da CONMEBOL. O último duelo aconteceu em 7 de dezembro de 1999, pela semifinal da Copa Mercosul, com vitória por 3 a 0 dos brasileiros, no antigo estádio Palestra Itália.

As equipes se enfrentaram em meio à disputa do Mundial de Clubes no ano em que o Palmeiras sagrou-se campeão da Libertadores. A ida, no Nuevo Gasometro, aconteceu antes da viagem do Alviverde ao Japão, com vitória do San Lorenzo por 1 a 0, em 18 de novembro.

Após voltar da Ásia, onde perdeu a final para o Manchester United, o Verdão se reencontrou com sua torcida. O jogo ficou marcado pelo total apoio dado pelos palmeirenses ao ídolo Marcos, goleiro que falhou em lance decisivo na derrota por 1 a 0 no Japão. O time respondeu com vitória. Junior Baiano abriu o placar e Arce marcou duas vezes, uma de falta e outra de pênalti. O Palmeiras foi à final da Mercosul e ficou com o vice-campeonato ao perder do Flamengo.

Luiz Felipe Scolari era o treinador palmeirense há 20 anos. Em sua terceira passagem pelo clube, Felipão comanda o líder do Grupo F da CONMEBOL Libertadores, com duas vitórias em dois jogos. A equipe tem a melhor campanha geral, com cinco gols marcados e nenhum sofrido: saldo de cinco.

O San Lorenzo joga um dia após seu aniversário de fundação. O clube completou 111 anos na última segunda-feira.

Grupo F Rodada 2 Libertadores 

Fechar