River Plate brilha e Cerro Porteño dá show na arquibancada: o segundo dia da CONMEBOL Libertadores Sub-20

Argentinos venceram o Danubio, enquanto paraguaios sofreram empate com o Millonarios no último lance

Em 2012, Augusto Solari marcava o gol da vitória do River Plate sobre o Defensor Sporting e levantava a taça da CONMEBOL Libertadores Sub-20. O argentino cresceu, foi decisivo na primeira divisão da equipe de Núñez, jogou pelo Estudiantes e também pelo Racing. Oito anos depois, ao bater o Danubio por 3 a 1 em jogo de estreia pela mesma competição, o River enxergou um caminho para a possível conquista do título deste ano. 

Com jogadores tão qualificados quanto os do time de Augusto em 2012, a equipe argentina se manteve forte durante os 90 minutos de partida em jogo válido pelo Grupo B. Sobre o comando de Juan José Borrelli - que adota um esquema defensivo parecido com o de Marcelo Gallardo -, os argentinos deram uma aula em campo: precisão de passes, defesa organizada e ataque ofensivo. 

O capitão Lucas Beltrán não só marcou um gol como também provocou o adversário em campo ao comemorar o feito, e deixou claro por que foi eleito para integrar a equipe profissional em 2019. A assistência do gol argentino foi de Santiago Montiel, primo do defensor Gonzalo que joga pela equipe profissional, e foi o combustível para dar força à equipe. Fernando Benítez marcou o segundo e Tomás Galván o terceiro no Estádio Arsenio Erico – Zapirain marcou para o Danubio. 

Após o fim da primeira partida da noite deste domingo (16), em Assunção, foi fácil perceber a chegada das equipes do Millonarios e Cerro Porteño. Torcedores fanáticos do Ciclón se acomodaram na arquibancada e com trombones e tambores, cantaram os 90 minutos sem parar. O barulho da torcida paraguaia ecoou pelo estádio e atraiu os atletas do River e Danubio - que estavam prontos para ir embora e permaneceram até o final da partida. 

As duas equipes demostraram intensidade em campo e tentaram buscar a vitória, mas a partida terminou empatada em 2 a 2. O Cerro Porteño abriu o placar aos cinco minutos do primeiro tempo com um gol marcado pelo meio campista Damián Bobadilla. A equipe do Millonarios empatou aos três minutos do segundo tempo com gol de Ramiro Brochero e na sequência, Bruno Lopez aumentou para o Cyclone; Alex Moreno igualou o resultado. 

Nesta segunda-feira (17), se enfrentam Independiente del Valle x Libertad, às 18h (de Brasília), e Colo-Colo x Jorge Wilstermann, às 20h15, pelo Grupo C no terceiro dia da CONMEBOL Libertadores Sub-20. Os jogos serão no Estádio Arsenio Erico, em Assunção.

Fechar