Ricardo Oliveira se iguala a Jardel e Zico em artilharia histórica da Copa Libertadores entre os brasileiros

Escolhido o #BestOfTheMatch no empate entre Danubio e Atlético-MG, atacante chegou a 16 gols na competição. Ele, porém, lamentou o resultado no Uruguai

De volta à Copa CONMEBOL Libertadores após dois anos, Ricardo Oliveira mostrou que está com a pontaria precisa em 2019. Ele anotou os gols do Atlético-MG no empate com o Danubio por 2 a 2, nesta terça-feira (5), pela Fase 2, e chegou ao top 10 na artilharia histórica do torneio entre os brasileiros.

O camisa 9 do Galo chegou a 16 gols em cinco participações na Copa, empatando com Jardel e Zico, ídolos de Grêmio e Flamengo, respectivamente. Ele terá pelo menos mais uma chance de subir nesse ranking, já que o Atlético receberá os uruguaios daqui a uma semana, no Independência, valendo classificação à terceira fase preliminar.

Os próximos "alvos" de Oliveira no top 10 são Pelé e Robinho, com 17 gols marcados na Libertadores. O máximo goleador do país é Luizão, com 29 redes balançadas em 42 partidas.

Apesar da marca expressiva e de ter sido escolhido o #BestOfTheMatch, o atacante lamentou o resultado do jogo, já que o Galo ficou duas vezes à frente do placar, mas cedeu o empate no Estádio Luis Franzini. 

"Não foi o melhor resultado, não foi o que gostaríamos pelo volume de jogo que criamos. Foram muitas chances criadas. O goleiro (Cristóforo) teve uma noite brilhante. Precisamos reconhecer isso também", destacou.

"Fica uma frustração. Pela experiência do nosso time, deixamos aqui um resultado importante. O jogo estava na mão. Não podemos cometer esses equívocos. Não podemos pensar na vantagem que temos, pois devemos corrigir nossas falhas", analisou o centroavante.

Em 2019, Ricardo Oliveira chegou a sete gols em quatro partidas. Resultado de muita dedicação, de acordo com o jogador de 38 anos. 

"O resultado disso é disciplina, trabalho, paixão pela profissão, muito treino e, claro, aproveitando as oportunidades que tenho dentro do jogo, procurando ajudar o time e ser mais efetivo durante o jogo. O objetivo é que a gente melhore durante a temporada, tenho consciência profissional de que o ano é muito longo, e nos jogos que tivermos oportunidade vamos fazer os gols", concluiu.

Confira o top 10 dos artilheiros brasileiros na Copa CONMEBOL Libertadores:

1) Luizão - 29 gols
2) Palhinha - 25
3) Célio - 22
4) Jairzinho - 21
5) Guilherme - 19
6) Tita e Marcelinho Carioca - 18
8) Pelé e Robinho - 17
10) Ricardo Oliveira, Zico e Jardel - 16

Fechar