Pepe, 85 anos! Parabéns ao Canhão da Vila, bicampeão da Libertadores com a camisa do Santos

José Macia soma 403 gols e 25 títulos pelo clube da Vila Belmiro. Um gigante que esbanja saúde e bom humor em mais um ano de (longa) vida

 "Dando o sangue com amor!"

Está no hino do Santos Futebol Clube, mas também pode estar na biografia de José Macia, nascido há 85 anos na mesma rua onde o clube foi fundado. O atacante dos gols decisivos, dos chutes fortes indefensáveis! O Canhão da Vila, o artilheiro terráqueo. 403 gols em 741 jogos pelo Peixe, Pepe só fica atrás de Pelé. Logo, dizem que, entre os seres nascidos na Terra, é o maior da história santista. Quem vai contestar?

Pepe jogou no ataque do primeiro clube brasileiro campeão da CONMEBOL Libertadores. Também o primeiro bicampeão, em 1962 e 1963. Ajudou a derrubar o Boca na Bombonera. José Macia é uma das lendas da Copa! São 25 títulos!

Se o Santos fosse uma pessoa, ela seria Pepe. “Com técnica e disciplina”, outro trecho do hino que parece ter sido escrito para ele, um jogador que só vestiu uma camisa e jamais foi expulso. Quando parou de jogar, virou treinador, claro, do Santos. Campeão com 371 partidas, a terceira maior marca de um técnico na Vila Belmiro.

Parabéns, Pepe! Vida longa a este gigante que esbanja saúde e bom humor!

Pepe - Santos

Fechar