Palmeiras 2 x 0 Colo-Colo: Verdão vence novamente e está nas semifinais

O Palmeiras não teve dificuldades, venceu o Colo-Colo novamente por 2 a 0 e agora enfrentará o Boca Juniors, da Argentina, que venceu o Cruzeiro no Mineirão

 

O Palmeiras não encontrou grandes problemas para se classificar para a próxima fase da Libertadores. O time de Felipão venceu o duelo contra o Colo-Colo, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, em São Paulo, e se garantiu nas semifinais do torneio continental. No primeiro encontro entre as agremiações, há duas semanas, o Verdão venceu os chilenos por 2 a 0, com duelo realizado em Santiago.

O Palmeiras teve que esperar o vencedor de Cruzeiro e Boca Juniors, partida que ocorrida no Mineirão, nesta quinta-feira (4). No primeiro duelo, na Argentina, a Raposa foi derrotada por 2 a 0. Na partida seguinte, o resultado foi um empate em 1 a 1 no Gigante da Pampulha.

O JOGO

Desde os primeiros minutos, o Palmeiras não facilitou a vida do Colo-Colo. O time paulista marcava bem a saída de bola e tinha uma postura ofensiva interessante. O clube chileno com claras dificuldades para buscar o ataque e isso tinha uma explicação: Felipão comandou uma marcação individual ao meia Valdívia. O armador sem espaço para jogar tem claras dificuldades. Os visitantes tentaram usar mais da posse de bola e trocar mais passes laterais. Após os 15 minutos de jogo, as propostas de cada equipe eram claras: o Palmeiras decidiu jogar com o regulamento, esperava os adversários, atacava, mas não ficava exposto. Já o Colo-Colo, apesar de precisar do resultado, tinha dificuldade para entrar na defesa palmeirense. Aos 38 minutos, o Palmeiras abriu o marcador. Em bola afastada pela zaga, Dudu pegou a redonda e partiu para cima. Ele deslocou o marcador e chutou, ainda fora da área, com a perna esquerda, para marcar o primeiro tento. No minuto seguinte, o Colo-Colo chegou com bastante perigo, em cruzamento na área e chute de Lucas Barrios, mas o goleiro Weverson fez ótima defesa.

O Palmeiras voltou para a etapa complementar novamente com uma postura bastante cautelosa. Segurava a bola, valorizava a posse da redonda, não ficava exposto desnecessariamente. Além disso, tinha uma situação especial: Valdívia era muito bem marcado, justo ele que é peça principal da equipe chilena, todas as bolas passando por ele para armação do jogo. Com isso, os visitantes eram fracos tecnicamente e não conseguiam armar uma boa jogada. O Palmeiras aproveitou que o Colo-Colo passou a subir mais e teve vários contra-ataques. Em um deles conseguiu o segundo gol. Dudu partiu para cima do adversário e foi parado com falta. Aos 7, Borja bateu forte e mandou para o fundo das redes. O Verdão passou a apostar mais nos contra-ataques, sobretudo, porque tinha mais chances nessas possibilidades, mas não ampliou a vantagem.

Fechar