15 clubes com novos treinadores para a CONMEBOL Libertadores 2019

Entre os brasileiros classificados para o torneio, apenas o Flamengo trocou de comando e trouxe Abel Braga

A menos de 20 dias para o início da Copa CONMEBOL Libertadores 2019, os clubes não estão apenas atrás de reforços para os seus elencos. No caso de alguns classificados para o torneio, o planejamento para a próxima temporada passa pela contratação de um novo treinador.

Entre os brasileiros que obtiveram vaga, apenas o Flamengo mudou o comando técnico. Confira o vaivém do mercado sul-americano:

Colombiano no Peru

Sporting Cristal foi o último clube a anunciar novo treinador. O colombiano comandou o Junior Barranquilla na última Libertadores.

Abel Braga no Flamengo

Rodolfo Landim, novo presidente do clube, optou por não renovar contrato com Dorival Júnior para 2019 e acertou a chegada de Abel, de 66 anos, campeão da Libertadores com o Internacional em 2006. Será a segunda passagem do treinador pelo Fla, pelo qual conquistou o Campeonato Carioca de 2004.

O novo comandante do Boca

No segundo dia de 2019, o clube, seis vezes campeão da Copa, confirmou Gustavo Alfaro como substituto de Guillermo Schelotto. Campeão da CONMEBOL Sul-Americana com o Arsenal em 2007, ele estava dirigindo o Huracán. Alfaro irá disputar sua quinta Libertadores

Eduardo Domínguez no Nacional

Ex-treinador de Huracán e Colón, o argentino de 40 anos chega ao clube uruguaio para substituir Alexander Medina. Ele é genro de Carlos Bianchi, o técnico mais vencedor da história da Libertadores , com quatro troféus. O Nacional é cabeça de chave do Grupo E, composto também por Cerro Porteño, Zamora e um time vindo da fase preliminar.

Jorge Pautasso no Melgar

Ex-assistente técnico de Tata Martino no Barcelona, o argentino de 56 anos se apresentará ao clube peruano no dia 3 de janeiro. A estreia na Libertadores será na segunda fase preliminar, diante do Universidad de Chile, a partir de 5 de fevereiro.

César Vigevani no Bolívar

O argentino de 44 anos, ex-Sport Boys, será o substituto de Alfredo Arías. Os bolivianos estreiam na primeira fase preliminar, diante do Defensor Sporting, em 23 de janeiro.

Pablo Escobar no The Strongest

No dia 19 de dezembro, o ex-atacante, com passagens por clubes brasileiros como Ponte Preta e Santo André, encerrou a carreira de jogador aos 40 anos e aceitou virar treinador do time boliviano, que enfrenta o Libertad na segunda fase preliminar.

Um espanhol no Jorge Wilstermann

O clube boliviano anunciou Miguel Angel Portugal como treinador para 2019. Aos 63 anos, ele volta ao futebol sul-americano, após passagens por Athletico Paranaense e Bolívar, e enfrentará Boca Juniors e Tolima, além de reencontrar o Furacão, na fase de grupos.

Gustavo Quinteros na Católica

Atual campeã do Chileno, a Universidad Católica contratou o argentino naturalizado boliviano de 53 anos, que já trabalhou nas seleções de Bolívia e Equador. O time de Santiago integra o Grupo H, com Grêmio, Rosario Central e um time vindo da preliminar.

Luis Fernando Suárez no Junior

Após a saída de Julio Comesaña, o atual vice-campeão da CONMEBOL Sul-Americana anunciou o colombiano de 58 anos, que levou a seleção do Equador às oitavas de final da Copa do Mundo de 2006. O time de Barranquilla está no Grupo F, com Palmeiras, San Lorenzo e um time vindo da fase preliminar.

Héctor Tapia no Real Garcilaso

O ex-jogador chileno, que atuou pelo Cruzeiro, está com 41 anos e terá como primeiro desafio a primeira fase preliminar da Libertadores , diante do Deportivo La Guaira, da Venezuela.

Jorge da Silva no Defensor

O uruguaio de 53 anos retorna ao clube de Montevidéu após uma década com a missão de chegar à fase de grupos da Libertadores . Na primeira fase preliminar, o Defensor encara o Bolívar.

El Turco Mohamed no Huracán

Antes da virada do ano, o clube argentino anunciou a contratação de Antonio Mohamed, de 48 anos, campeão da CONMEBOL Sul-Americana de 2010 com o Independiente e que trabalhou no Celta de Vigo, da Espanha, em 2018. Será a quarta passagem de El Turco pelo Huracán. Em 2013, o treinador chegou às quartas de final da Libertadores com o Tijuana.

Um campeão no Alianza Lima

Campeão da CONMEBOL Libertadores com o Boca Juniors em 2007, o argentino Miguel Angel Russo é o novo treinador do Alianza Lima, adversário do Internacional no Grupo A. O experiente treinador, de 62 anos, coleciona títulos por Lanús, Rosario Central, Estudiantes e Velez, além de ter levantado taças no Millonarios, seu ex-clube. 

No Godoy Cruz

Ex-atleta campeão da Copa com o Vélez em 1994, Marcelo Gómez foi mais um treinador desta edição do torneio a ser confirmado no começo de 2019. 

Fechar