O garçom matou a fome de gols! A incrível noite de Bruno Henrique, o herói do Flamengo na Libertadores

Atacante do Flamengo, líder em assistências na Copa e grande garçom do Maracanã, ainda não tinha marcado gols no estádio no torneio. Valeu esperar!

Ele já vinha se consagrando como o garçom do Flamengo na CONMEBOL Libertadores. Quatro assistências daquelas que todo camisa 9 gosta de receber e outra "ajeitada" para Gabigol que, até meio sem querer, acabou na rede do Maracanã. Não é oficialmente a quinta assistência, mas a torcida assim considera. E quem vai discordar? É líder no quesito na Copa de toda forma!

Bruno Henrique já tinha feito a torcida rubro-negra explodir no Maraca com passes. Faltava o gol, que na Libertadores só tinha saído no Equador, na fase de grupos, com gosto amargo na derrota de virada para LDU. O destino reservou uma semana especial. Mais do que especial.

O esperado gol (os esperados gols) em casa pela Copa veio na semana que ele mesmo definiu como a mais importante da carreira. Nada como uma primeira convocação para a Seleção Brasileira! E por que não festejá-la com mais de 66 mil enlouquecidos torcedores?

Arte - Bruno Henrique

O veloz atacante rubro-negro "tomou" o lugar do amigo e parceiro Gabigol dentro da área no duríssimo confronto contra o Internacional. Desta vez, o artilheiro que tem gol no nome, e que muitos pensaram que não jogaria, foi mais um a vibrar com força pelo amigo! Como se de fato estivesse fora, ali na arquibancada.

O privilégio de fazer a Nação explodir num mata-mata de Libertadores agora é também de Bruno Henrique. Se demorou, foi melhor assim. A vez dele chegou no duelo mais duro, num segundo tempo em que muitos já sofriam com um possível 0-0. Duplamente. Deu para saborear como poucos. Dançar, fazer o "L" do filho Lorenzo e levantar as mãos aos céus para agradecer. Tem também gratidão ao "Mister".

Quem diz "obrigado" é a torcida. Se o Fla seguir à semi, Bruno terá sua assinatura numa classificação que o clube não consegue desde os anos 80. Que noite, rapaz! A noite do garçom e também artilheiro Bruno Henrique, do Flamengo e da Seleção!

 

Fechar