Everton brilha, Grêmio vence Libertad e segue na briga por vaga nas oitavas de final da Copa CONMEBOL Libertadores

Gaúchos tiram invencibilidade de paraguaios em Assunção e agora secam Universidad Católica nesta rodada

Não chamam o Grêmio de Imortal por acaso. Em jogo crucial para o seu futuro nesta Copa CONMEBOL Libertadores, a equipe gaúcha venceu o Libertad por 2 a 0, nesta terça-feira (23), com gols de Everton, em Assunção, derrubou a invencibilidade dos paraguaios na fase de grupos e se manteve na disputa por classificação às oitavas de final - confira detalhes e números do duelo.

O resultado levou o Tricolor a sete pontos, assumindo temporariamente a segunda colocação do Grupo H. Para seguir nessa posição ao fim da quinta rodada, precisa torcer por um tropeço da Universidad Católica (seis pontos), que enfrenta o Rosario Central nesta quarta (24), às 19h15 (de Brasília), na Argentina. 

A vitória no Paraguai também mantém o Grêmio dependente de suas próprias forças para chegar aos mata-matas da Copa. Na última rodada, o time treinado por Renato Gaúcho encara a Católica, em Porto Alegre.

Com a necessidade de vencer a partida para sobreviver na Libertadores, o Grêmio controlou a posse de bola (68%, contra 32% do adversário no primeiro tempo), mas encontrou em Martín Silva uma barreira difícil de ser superada - o ex-goleiro do Vasco salvou o Libertad em duas oportunidades, uma delas com o pé, em chute cruzado de Everton.

Aos 29 minutos, no entanto, Alisson lançou a bola para Everton, que driblou duas vezes a marcação na área, deixou Silva no chão e marcou um golaço para os gaúchos.

Com vaga garantida nas oitavas de final, o Libertad deixou um pouco da apatia no vestiário e voltou para a etapa final com mais apetite ofensivo, colocando em campo o meia Recalde e o atacante Martínez, artilheiro da Copa com seis gols. Já o Grêmio trocou Maicon por Michel para dar mais consistência defensiva ao meio de campo.

No contra-ataque, o time gaúcho quase ampliou com Jean Pyerre, que acertou o travessão aos 71 minutos. Instantes depois, quem teve a chance para marccar foi Diego Tardelli, mas Martín Silva espalmou.

Antes do apito final, Everton errou a tentativa de passe, mas recuperou a bola no campo de defesa do Libertad e chutou forte para decretar o triunfo por 2 a 0 no Defensores del Chaco.

Fechar