Palmeiras repete 2018 e estreia com vitória sobre o Junior em Barranquilla pela Copa CONMEBOL Libertadores

Verdão marca com Gustavo Scarpa e Marcos Rocha e assume a liderança do Grupo F após a primeira rodada. Próximo jogo alviverde será no Allianz Parque

A 19ª participação do Palmeiras na Copa CONMEBOL Libertadores começou da mesma forma que em 2018: com vitória em Barranquilla. O placar, porém, foi um pouco mais enxuto. Em vez dos 3 a 0 do ano anterior, o Verdão bateu o Junior por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (6), no Estádio Metropolitano. Gustavo Scarpa e Marcos Rocha anotaram os gols alviverdes - confira números e detalhes do duelo.

Com o resultado, a equipe treinada por Luiz Felipe Scolari assumiu a liderança do Grupo F logo na primeira rodada, com três pontos. Melgar e San Lorenzo, que empataram sem gols na terça-feira, somam um ponto cada. Os colombianos ficam zerados na classificação.

Na próxima rodada da fase de grupos, o Palmeiras enfrentará o Melgar, em 12 de março, às 19h15 (de Brasília), no Allianz Parque. Já o Junior terá pela frente o San Lorenzo, no dia 13, no mesmo horário, na Argentina.

Com marcação adiantada e pressão na saída de bola, o Verdão entrou em campo disposto a abrir o placar cedo fora de casa, e conseguiu. Aos 11 minutos, Dudu dominou pelo lado esquerdo e lançou Gustavo Scarpa, que chutou rasteiro na saída do goleiro Sebastian Viera. 

Com o gol, o Verdão se posicionou mais recuado e passou a apostar nos contra-ataques. O Junior teve mais controle da bola (65%) e tentou mais finalizações - seis, contra duas do time brasileiro. A melhor chance dos colombianos, curiosamente, saiu dos pés de seu goleiro. Aos 22 minutos, Viera cobrou falta com categoria, mas Weverton fez uma excelente defesa.

O Palmeiras seguiu na defensiva no segundo tempo, dando campo para o Junior avançar, mas bem posicionado defensivamente. No aguardo de uma falha adversária, quase ampliou com Borja, aos 58 minutos, mas Viera salvou a equipe da casa após chute à queima-roupa.

Com Moisés e Hyoran em campo, nos lugares de Ricardo Goulart e Dudu, o Verdão ficou ainda mais recuado para tentar sair de Barranquilla com outra vitória. O Junior chegou perto do gol aos 68 minutos, com Hinestroza, mas Weverton espalmou. Aos 76, os colombianos perderam o atacante Teo Gutierrez, expulso após cometer falta em Bruno Henrique.

O Junior pressionava, mas sem efetividade. E, nos acréscimos, foi golpeado com o segundo gol do Verdão, nos acréscimos, aos 92 minutos. Borja arrancou livre em direção à área do rival, mas esperou a chegada do lateral-direito Marcos Rocha, que recebeu o passe e tocou por cima de Viera.

Fechar