Internacional e Abel Braga: uma combinação de sucesso que volta à CONMEBOL Libertadores

Técnico retorna ao clube pelo qual conquistou a Copa em 2006, ano em que também venceu o Mundial de Clubes

O retorno de Abel Braga ao Internacional, anunciado nesta terça-feira (10), revive no torcedor colorado boa parte de seus maiores momentos de glória. A relação do clube com o treinador está para sempre ligada ao êxito na CONMEBOL Libertadores

Aos 68 anos, Abel Braga tem em seu currículo o feito de ter sido o primeiro treinador a conduzir o Inter ao maior título da América. Com ele no banco de reservas, o Colorado sagrou-se campeão da Libertadores em 2006, de forma épica, em uma dura final contra o então campeão São Paulo. 

No mesmo ano, Abel guiou o Inter para bater o Barcelona-ESP de Ronaldinho Gaúcho, sendo campeão mundial também pela primeira vez na história colorada. As conquistas eternizaram heróis no Beira-Rio, dentro os quais o comandante de um time inesquecível. 

Abel Braga - Internacional - Libertadores

Agora, com contrato até fevereiro de 2021, Abel retorna para tentar guiar o Inter, campeão também em 2010, ao tricampeonato. Ele vai encarar o Boca Juniors-ARG nas oitavas de final a partir de 25/11.

A identificação de Abel com o Internacional é tamanha que esta será a 7ª passagem do treinador pelo clube. Também foi campeão gaúcho em 2008 e 2014, ano em que também classificou o Colorado para a Libertadores, sendo 3º colocado no Campeonato Brasileiro. 

Abelão, como é conhecido no futebol, tem larga trajetória no futebol brasileiro, sendo reconhecido durante anos por montar equipes competitivas e vencedoras. Foi campeão brasileiro pelo Fluminense em 2012 e, em 2019, conquistou o Carioca pelo Flamengo.

 

Fechar