Guerrero volta a disputar a Copa Libertadores com bons números para ajudar o Internacional

Centroavante peruano disputará sua quarta edição do torneio e vira arma para duelo contra o Palestino. Ele marcou dez gols na competição sul-americana

A partir desta terça-feira, o torcedor do Internacional poderá ver Paolo Guerrero em ação pela Copa CONMEBOL Libertadores. O duelo contra o Palestino (CHI) no Beira-Rio pode servir para o Colorado se aproximar da classificação às oitavas de final e marcar o retorno do centroavante peruano à competição na qual ele possui um histórico importante. 

Aos 35 anos, Guerrero vai para sua quarta edição de Copa Libertadores. Ele disputou 18 partidas e marcou dez gols. Um faro apurado que foi colocado à disposição de Corinthians e Flamengo antes da estreia pelo Inter no último sábado. Marcou um gol na vitória por 2 a 0 sobre o Caxias, resultado que garantiu vaga na final do Campeonato Gaúcho.

Em 2013, pelo Corinthians, Guerrero disputou sete partidas e marcou quatro gols. O clube paulista acabou eliminado nas oitavas de final para o Boca Juniors (ARG). Já em 2015, também pelo Corinthians, foram mais cinco jogos e quatro gols. A queda foi novamente nas oitavas para o Guarani (PAR). 

Em 2017, Guerrero já defendia o Flamengo. Naquele ano, disputou seis jogos e marcou dois gols pelo Rubro-Negro. Um deles foi seu único contra adversários chilenos na Copa: anotou na vitória por 3 a 1 sobre a Universidad Católica no Maracanã. 

Já o desempenho do Inter contra adversários chilenos é ainda mais animador. Foram três confrontos com três vitórias. Duas contra a Católica em 2015 e contra o próprio Palestino na abertura da Fase de grupos este ano. Um novo triunfo no Beira-Rio nesta noite daria ao clube brasileiro tranquilidade na Copa. A equipe lidera o Grupo A com sete pontos, três a mais do que o Palestino, e quatro a mais do que o River Plate (ARG), atual campeão da competição. 

O clima é de otimismo para a noite de Libertadores, ainda mais com o reforço de Paolo Guerrero.

Fechar