Tudo igual! Grêmio marca no fim e evita derrota em casa para o Flamengo na semifinal da CONMEBOL Libertadores

Bruno Henrique e Pepê anotaram na Arena do Grêmio. Cariocas tiveram dois gols invalidados pelo VAR

Muita emoção e placar igual no primeiro duelo brasileiro pelas semifinais da CONMEBOL Libertadores 2019. Com gols de Bruno Henrique e Pepê, Grêmio e Flamengo empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira (2), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre - confira detalhes e números do duelo.

A partida de volta será no dia 23 de outubro, às 21h30, no Maracanã. Em casa, o Fla avança à final da Copa com vitória ou um 0 a 0. Jà os tricolores dependem de um triunfo por qualquer placar ou empate por dois ou mais gols para cada lado para chegar à decisão.

Na outra semifinal da Libertadores, o River Plate venceu o Boca Juniors por 2 a 0 no jogo de ida. A final, em partida única e campo neutro, será em 23 de novembro, em Santiago, no Chile.

Mesmo fora de casa, o Flamengo predominou no primeiro tempo, com 67% de posse de bola e 87,5% de precisão nos passes. Nos 15 minutos iniciais, os rubro-negros já haviam arriscado três chutes contra a meta de Paulo Victor, contra apenas um dos gremistas.

O Fla só não abriu vantagem antes do intervalo porque teve dois gols invalidados pelo árbitro de vídeo (VAR). Aos 20 minutos, Everton Ribeiro aproveitou um rebote e chutou para o gol vazio, mas Gabigol empurrou Kannemann na origem da jogada. Aos 24, Gabigol foi flagrado em impedimento antes de chutar cruzado e balançar a rede.

Embora o Flamengo seguisse perigoso no ataque, o Grêmio conseguiu equilibrar um pouco a partida no segundo tempo. Com Luan mais solto para armar as jogadas, os tricolores criaram duas chances seguidas, aos 62 e 64 minutos, em chutes de Everton e Matheus Henrique, mas Diego Alves realizou duas defesas espetaculares.

A postura mais ofensiva deixou o Grêmio exposto na defesa. O Flamengou soube aproveitar os espaços e, aos 69 minutos, após cruzamento de De Arrascaeta pela direita, Bruno Henrique subiu mais do que Rafael Galhardo e cabeceou para abrir o placar em Porto Alegre, de cabeça.

O Fla ainda teve a oportunidade de aumentar a vantagem com Gabigol, aos 80 minutos, mas o atacante estava impedido quando empurrou a bola para o gol adversário.

Sem se render, o Grêmio encaixou um contra-ataque antes dos acréscimos finais, aos 88 minutos, e Pepê empatou, após cruzamento de Everton.

Fechar