Goleiros se destacam no empate entre Universidad do Chile e Internacional

De Paul e Marcelo Lomba fizeram grandes defesas no duelo que não saiu do 0 a 0. Decisão será na terça-feira que vem em Porto Alegre

O início da trajetória do bicampeão Internacional na CONMEBOL Libertadores 2020 foi com empate em 0-0 contra a Universidad do Chile nesta terça-feira (04/02). O duelo de equipes tradicionais da América do Sul ficou marcado pela imposição dos goleiros, destaques para a manutenção do placar zerado. O resultado permite à equipe chilena jogar por um empate com gols no duelo de volta para avançar à Fase 3 da Copa. A partida decisiva será na próxima terça-feira no Beira-Rio em Porto Alegre. 

De um lado, De Paul. Do outro, Marcelo Lomba. Eles fizeram a diferença. Lomba começa a Libertadores como no ano passado, com defesas importantes. Em uma delas, no segundo tempo, praticou um milagre ao defender um chute muito forte. Já o goleiro do time chileno não deixou por menos e defendeu uma cabeçada de Edenílson de forma impressionante. O placar poderia ser outro. 

A partida no Estádio Nacional marcou a estreia do técnico argentino Eduardo Coudet no comando do Internacional na Libertadores. A equipe brasileiro tenta o tricampeonato no aniversário de dez anos da conquista do bi. Camisa 10 e capitão do Colorado, D'Alessandro é comandante do time, como foi na conquista de 2010. Ele e Coudet são grandes amigos, desde os tempos de categoria de base no River Plate-ARG. 

Na La U, um ídolo também voltou a atuar na equipe pela Libertadores, mas não teve sorte. O argentino Walter Montillo entrou como maior esperança e camisa 10, mas acabou sendo expulso. Ele tem passagem marcante pelo Brasil, onde atuou com destaque no Cruzeiro, e também em Santos e Botafogo. 

Fechar