Gabigol e Bruno Henrique: parceria além do campo e símbolo da força do Flamengo na CONMEBOL Libertadores

Atacantes trazem entrosamento antigo e usam amizade para fortalecer a busca por gols. Contra a LDU, dupla estará novamente em ação

Em campo, eles se entendem só pelo olhar. Fora dele, o entrosamento gera risadas, momentos felizes, de descontração. No Flamengo, Bruno Henrique e Gabigol reataram uma parceria de sucesso e que vem se transformando na força do clube carioca na Copa CONMEBOL Libertadores. 

Até o momento, Gabigol marcou duas vezes na Libertadores, contra San José (BOL) e LDU (EQU). Ambas foram com assistência de Bruno Henrique, nada mais nada menos do que o maior garçom da competição até aqui. Em quatro jogos, o atacante deu quatro passes para os companheiros marcarem gol. A dobradinha faz a festa dos torcedores do Flamengo e deixa os atacantes mais certos de que fizeram a escolha certa ao se reeditarem a parceria que se iniciou no Santos.

Gabigol chegou primeiro ao Flamengo e foi um dos maiores incentivadores de Bruno Henrique para escolher o mesmo destino. A frase era clara: "Vem ser feliz". 

Nesta quarta-feira, contra a LDU em Quito, a dupla volta a atuar junta após um jogo separada por conta de expulsão de Gabigol contra o Peñarol (URU). Pela quinta rodada da Fase de Grupos, o Flamengo precisa de um empate para se confirmar nas oitavas de final. E com uma dupla de atacantes dessas em campo a chance de gol é muito maior. 

Fechar