Gabigol e Bruno Henrique: dupla de ataque do Flamengo briga por artilharia da CONMEBOL Libertadores

Eles marcaram 12 dos 22 gols rubro-negros na campanha que levou o time à final da Copa. Gabriel é o líder do ranking geral

Chegar à Glória Eterna, ao título da CONMEBOL Libertadores após 38 anos, é o principal motivador do Flamengo na final contra o River Plate, no dia 23 de novembro, em Santiago, mas outras honrarias também embalam o representante brasileiro na partida decisiva. Dupla de ataque do momento no país, Bruno Henrique e Gabigol travam uma disputa individual pela artilharia.

Dos 22 gols rubro-negros na campanha (melhor ataque da competição), 12 saíram dos pés dos dois atacantes. Gabigol assumiu a liderança do ranking de artilheiros, com sete gols, após marcar duas vezes no jogo de volta da semifinal, contra o Grêmio, vencido pelo Fla por 5 a 0, no Maracanã

Artilheiros finalistas Libertadores 2019

Bruno Henrique chega à final com o status de jogador com mais participações em lances decisivos nesta Libertadores, com cinco gols e cinco assistências.

Nacho Fernández e De La Cruz são os artilheiros do River Plate na Copa, com três gols cada.

Assista a todos os gols da campanha do Flamengo na CONMEBOL Libertadores 2019:

Fechar