Flamengo: os guardiões da taça da CONMEBOL Libertadores em busca de mais uma conquista

Atual campeão tenta repetir a façanha de conquistar dois títulos seguidos, algo que não acontece desde o Boca Juniors em 2000/01

Ninguém toca, ninguém põe a mão. Após conquistar, seu dever é protegê-la. É assim que a CONMEBOL Libertadores 2020 se apresenta ao Flamengo, que já largou com duas vitórias sobre Junior Barranquilla e Barcelona pelo Grupo A. Campeão, a missão dos rubro-negros agora é proteger a tão sonhada taça da Copa, duas vezes levadas à Gávea. 

Os dois gols de Gabigol contra o River Plate-ARG na final do ano passado são eternos, a comemoração quase não acaba, mas hoje são páginas que ficaram na história. Os comandados de Jorge Jesus estão prontos para defender o título de melhor da América? A luta começou, e bem para o Fla. Veja aqui a tabela completa .

Antes da paralisação da Copa pela pandemia de Covid-19, parte do elenco campeão participou de uma produção especial para os canais oficiais da Libertadores. Foram horas ao lado da taça conquistada em Lima, no Peru, com um único pensamento: repetir a dose, agora em casa, já que a final está marcada para o Maracanã. 

Flamengo especial Libertadores

Ao longo de algumas horas, Gabigol, Bruno Henrique e Cia. posaram para um ensaio especial produzido pela Libertadores e falaram da expectativa pela trajetória em busca do tricampeonato. O Flamengo quer a conquista para se igualar a Grêmio, Santos e São Paulo como os maiores brasileiros vencedores da Copa, com três conquistas cada. Desde 2000/01, com o Boca Juniors, um clube não leva o título em dois anos consecutivos.

"É óbvio que quando você vence você fica muito feliz, por ser a primeira, obviamente que isso tem um peso especial, não só no clube, mas também na sua vida pessoal. Mas, você conquistar de novo pode ter um peso ainda maior, então creio que os dois são muito complicados", afirmou Gabigol. Ouça mais num PODCAST ESPECIAL.

Você confere mais fotos especiais aqui, além de outros vídeos do campeão Flamengo nos canais oficiais da Libertadores, no Twiter, Instagram e Facebook.

Fechar