Festa no gigante! Inter vence o Nacional e vai às quartas da CONMEBOL Libertadores

Colorado sobrou, fez 2-0 com Moledo e Guerrero, e confirmou a classificação em noite de recorde de público e aula de D'Alessandro

"O Gigante me espera para começar a festa..." 

O Gigante do Beira-Rio estava à espera dos torcedores vermelhos nesta quarta-feira e o Internacional não os decepcionou. Voltou a vencer o Nacional com autoridade, fez 2-0 e deu ao público o mais importante, o que ele mais esperava: a classificação para as quartas de final da CONMEBOL Libertadores. 

Não houve susto, sofrimento, desespero. O Inter se impôs como tem feito desde o início da Libertadores e surge como um dos grandes postulantes ao título com futebol notável. Os colorados acreditam no tri. Nesta noite, foram 48.530 presentes, recorde de público no estádio. O Gigante cada vez mais lotado, e Santiago cada vez mais próxima.

Graças ao talento de Andrés D'Alessandro, que envelhece como vinho: cada vez melhor. O camisa 10 agiu como maestro e ditou o ritmo da partida. Foi um treinador em campo, com suas orientações, seus passes puramente calculados. A bola corria. Ele, só para defender. Em uma de suas ações, encontrou a cabeça de Rodrigo Moledo em cobrança de escanteio: o zagueiro completou 150 jogos pelo clube com estilo, abrindo o placar.

O Inter criou com Guerrero, fez dois gols com Nico López que foram anulados por impedimento, deu trabalho com Patrick, com Edenilson. E, claro, o peruano deixou sua marca, como tem sido normal nesta Libertadores. Nos acréscimos, Paolo incendiou ainda mais Porto Alegre ao fuzilar as redes para seu quarto gol em quatro jogos.

Está cada vez mais forte a equipe de Odair Hellmann. E o torcedor cada vez mais confiante.

Afinal, o Gigante o espera. A festa só começou.

Fechar