Corinthians vence Ferroviária e conquista título da CONMEBOL Libertadores Feminina pela segunda vez

Em Quito, Timão "se vinga" em final sul-americana e derrota rival por 2 a 0, com gols de Crivelari e Juliete

O Corinthians se sagrou campeão da CONMEBOL Libertadores Feminina pela segunda vez ao vencer a Ferroviária por 2 a 0, nesta segunda-feira (28), no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, no Equador.

Giovanna Crivelari e Juliete, ambas no segundo tempo, anotaram os gols das alvinegras, que haviam sido derrotadas pela mesma rival na decisão do Campeonato Brasileiro, no fim de setembro.

O Corinthians repete o feito de 2017, quando conquistou a Libertadores em parceria com o Audax. Das 11 edições realizadas do torneio (desde 2009), dez tiveram pelo menos um time brasileiro na decisão.

Campeões Libertadores Feminina

O Timão se classificou à fase final da Copa como líder do Grupo C, com duas vitórias, sobre Club Ñañas e América de Cali (ambas por 3 a 1) e um empate com o Libertad-Limpeño por 2 a 2.

Nas quartas de final, a equipe paulista eliminou o Santiago Morning com 2 a 0 e se classificou à decisão com goleada sobre o América de Cali por 4 a 0.

A artilharia do torneio, no entanto, ficou com a Ferroviária: Nathane, que marcou nove gols.

Bracket final Libertadores Feminina 2019

Fechar