Estádio de estreia do São Paulo na Libertadores homenageia craque e tem portões com nomes de famosos

Partida de ida contra o Talleres, pela Fase 2 da Copa, tem expectativa de casa cheia em Córdoba. E para chegar à arquibancada, você pode usar o acesso Luis Miguel, o Ricky Martin...

Não faltará pompa para as estreias de Talleres e São Paulo na Copa CONMEBOL Libertadores. As equipes se enfrentam nesta quarta-feira (6), às 21h30 (de Brasília), em Córdoba, pelo jogo de ida da segunda fase preliminar, no segundo maior estádio da Argentina: o Mario Alberto Kempes, com capacidade para 57 mil espectadores.

Inaugurado em 16 de maio de 1978 com o nome de Estádio Olímpico de Córdoba, o local foi ampliado em 2011 e rebatizado para homenagear o ex-atacante argentino Mario Kempes, campeão e artilheiro da Copa do Mundo de 1978. Administrado pelo governo local, o campo é usado pelos rivais Talleres e Belgrano em jogos importantes.

Em 41 anos de história, o estádio abrigou oito partidas do Mundial de 1978, rodadas de duas edições da Copa América (1987 e 2011) e do Campeonato Mundial Sub-20 (2001), além de 11 partidas da seleção argentina, a última em novembro de 2018 - vitória por 2 a 0 sobre o México. Também é um dos palcos preferidos de grandes artistas que se apresentam na América do Sul. Paul McCartney, Madonna, Bon Jovi e até a brasileira Xuxa, famosa na Argentina nas décadas de 1980 e 1990, já tocaram por lá.

A passagem de famosos por Córdoba, aliás, se transformou em uma curiosidade do local da partida entre Talleres e São Paulo. Dois dos acessos às arquibancadas do Estádio Alberto Kempes, que ficam em lados opostos, são conhecidos pelos nomes de dois astros da música pop latina: os porto-riquenhos Luís Miguel e Ricky Martin.

O motivo? Por esses portões, os cantores optaram por entrar no local com mais privacidade quando fizeram shows em Córdoba. Os apelidos foram adotados até pela polícia, que os usa em mapas (Portão Luís Miguel e Portão Ricky Martin) para informar o público sobre os acessos aos eventos, como mostra a foto abaixo, divulgada pelas autoridades locais antes do clássico entre Talleres e Belgrano, no dia 21 de janeiro.

Portões Estádio Mario Kempes

Outros portões do estádio receberam nomes de ex-jogadores argentinos e ídolos da região, como Osvaldo Ardiles, Roberto Gasparini, Luis Artime e Daniel Willington.

Um palco grandioso para o duelo que manterá São Paulo ou Talleres na disputa por uma vaga na fase de grupos da Copa CONMEBOL Libertadores. A expectativa é de casa cheia. O clube argentino divulgou apenas uma parcial, no último domingo (3), que computava 28 mil ingressos vendidos, mas a procura por entradas foi intensa às vésperas do duelo. 

Talleres x São Paulo terá transmissão ao vivo para o Brasil pelo canal SporTV - leia mais sobre a estreia no Tricolor na Copa.

Fechar