Em noite para esquecer, Flamengo perde para o Emelec na CONMEBOL Libertadores

Tudo deu errado para o Rubro-Negro no Equador e agora a missão será complicada no Rio de Janeiro. O Emelec abre 2-0 no confronto

Deu tudo errado para o Flamengo na abertura das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores. A equipe brasileira volta do Equador com 2-0 de desvantagem contra o Emelec, que abriu a série com uma vitória poderosa conquistada em seus domínios. Os equatorianos não foram brilhantes, mas eficientes demais e foram premiados com o triunfo épico. Marcaram Wilmer Godoy, no primeiro tempo, e Romario Caicedo, no segundo. Requintes de crueldade. 

O pesadelo flamenguista se agravou com a saída de Diego, já na parte final da partida, machucado. Naquele momento, o Flamengo estava com um jogador a mais diante da expulsão de Leandro Vega, Era caminho aberto para o Rubro-Negro conseguir a reação, mas logo Diego teve de sair e, em seguida, saiu o segundo gol. Que drama!

Os equatorianos construíram sua vitória sem abrir mão da cautela defensiva e esticando a bola na área do Flamengo. Logo no início, a bela construção terminou na finalização de Godoy, que pegou Diego Alves no contrapé. Já no segundo tempo, com o Flamengo fragilizado pela necessidade de reagir, um contra-ataque foi mortal. A bola ainda desviou em Renê antes de dormir na meta rubro-negra.

Na próxima quarta-feira, o Flamengo terá uma missão complicadíssima para manter o sonho de conquistar a Libertadores. O golpe equatoriano foi duro. Será preciso um Maracanã inteiro para dar a volta e reagir. O Rubro-Negro avança com vitória por três gols de diferença. Se vencer por 2-0, a decisão será nos pênaltis. O Emelec pode até perder por dois de diferença desde que faça gol.

Fechar