Destaque do Grêmio, Alisson alimenta expectativa por 1º título da Libertadores: "Grande sonho na minha vida"

Meia-atacante participou de oito jogos do Tricolor Gaúcho na atual edição da CONMEBOL Libertadores e sonha com a primeira conquista

As ausências de Jael e André nas fases anteriores da Copa CONMEBOL Libertadores abriram espaço para um jogador que já estava no elenco do Grêmio. Meia-atacante de origem, Alisson foi o escolhido por Renato Portaluppi para formar o setor ofensivo ao lado de Everton e Luan.

Jogando pelos lados do campo, se tornou fundamental para a equipe que bateu Estudiantes e Atlético Tucumán, ambos da Argentina, nas oitavas e nas quartas de final.

Em entrevista ao site oficial da Copa CONMEBOL Libertadores, o jogador de 25 anos falou sobre o grande sonho de vencer o torneio e o quão importante a conquista seria para a valorização de sua carreira.

"Um título de Libertadores muda a carreira. Não só minha, mas a de todo o elenco. Todo mundo se valoriza, seja com venda ou renovação de contrato, ainda mais vencendo uma Libertadores. É uma competição muito difícil de se jogar, muito difícil de se conquistar também. É um sonho sim, um grande sonho na minha vida, até porque é uma das que faltam para mim. Graças a Deus, já tenho grandes conquistas e vencer a Libertadores será um grande sonho para mim, ainda mais vestindo a camisa do Grêmio", declarou.

Alisson, meia-atacante do Gremio

Presente em oito jogos do time na competição, Alisson foi titular em apenas três deles. No entanto, tem números relevantes. O jogador marcou dois gols, deu duas assistência, sofreu um pênalti (convertido por Luan) e ainda participou ativamente do gol contra de Alejandro Sánchez na goleada por 4-0 sobre o Atlético Tucumán, em Porto Alegre.

"Feliz, com certeza, com as participações ativas nos gols e nas assistências. Sem dúvida, desde que cheguei ao Grêmio, é o melhor momento sim. Vivi também um grande momento no primeiro semestre, mas aconteceu uma lesão. Fico feliz por estar ajudando os meus companheiros, mas tenho que agradecê-los e também agradecer ao professor Renato. Fico feliz por estar ajudando os meus companheiros e espero continuar contribuindo nesta fase da Libertadores", disse.

Confira, abaixo, o bate-papo com o jogador do Grêmio:

NÚMEROS PESSOAIS NA LIBERTADORES

"A gente fica atento sim, a gente sempre quer melhorar, sempre quer dar nosso melhor ali dentro. A gente fica feliz por estar ajudando ali dentro. A gente sempre quer ajudar, marcando, com assistência ou gols. É uma competição muito difícil, temos que estar concentrados. Quero sempre continuar ajudando. Quem sabe não possa sair mais gols aí?".


PRIMEIRA SEMIFINAL DE COPA

"Muito feliz com a minha primeira semifinal de Libertadores, é uma sensação única estar entre os quatro finalistas. Espero que, junto com os meus companheiros, faça grandes jogos. O Grêmio é uma equipe bastante copeira, luta muito. Não queremos parar por aqui, chegar à final e trazer este título novamente para Porto Alegre".

RIVER PLATE NA SEMIFINAL

Luan Alisson Grêmio Atlético Tucumán Copa Libertadores 02102018
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação)

"O River Plate é uma equipe, como o Renato já nos mostrou, muito perigosa. Será um grande jogo, duas equipes de muita qualidade, que brigam muito. O Renato já está nos passando os pontos positivos e negativos deles. É chegar lá amanhã, fazer uma bela partida e tentar decidir ao lado do nosso torcedor".

PESO PELO BICAMPEONATO

"Questão de peso, todas as equipes que chegaram a esta final têm este peso. São equipes que já conquistaram a Libertadores. São grandes equipes, as quatro têm condições de conquistar o título. Nós temos nosso peso, o River tem o dele. Estaremos bastante tranquilos, com os pés no chão. Serão duas grandes batalhas contra o River Plate. Quem sabe a gente não conquista mais um título da Libertadores decisivo. Vamos ao lado do nosso torcedor para que a gente possa conquistar novamente".

Fechar