Decisivo, Rodriguinho mostra cartão de visitas em vitória do Cruzeiro na Copa Libertadores

Contra o Huracán, meia marcou seu terceiro gol em cinco partidas pela Raposa na temporada, mas nunca tinha balançado redes na competição sul-americana. Prazer!

Por Marcio Porto

E não é que Rodriguinho se garante mesmo! Em sua primeira partida com a camisa do Cruzeiro pela Copa CONMEBOL Libertadores, o meia acabou sendo decisivo. Marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Huracán (ARG) na noite desta quinta-feira em Buenos Aires. Foi também o seu primeiro na Copa, após doze partidas. Havia disputado 11 pelo Corinthians e uma, pelo Grêmio

Rodriguinho marcou ainda no primeiro tempo após ótima assistência de Robinho e terminou a partida com 50% de aproveitamento. Ele teve apenas mais uma finalização, mostrando que precisa de pouco para decidir uma partida. Ao fim do jogo, comemorou. "Muito difícil jogar aqui, a equipe conseguiu segurar a pressão. No primeiro tempo criamos as oportunidades, fizemos o gol, e no segundo seguramos a pressão do adversário. Não foi fácil, mas valeu o resultado", analisou. 

O camisa 23 do Cruzeiro destacou a superação do time, mesmo com a forte chuva. "Igualamos na vontade, na força, o campo dificultou um pouco porque tinham algumas poças de água, e nossa equipe é muito técnica. Mas conseguimos o resultado, que é o mais importante", disse.

Antes do embate de estreia do Cruzeiro, o meia tinha dito que confiava no grupo e mostrava a personalidade que o acompanha há tempos. "Sabemos que a torcida quer esse título, nós também queremos e estamos totalmente focados para conseguir", afirmou, já sonhando com o tricampeonato pela Raposa. 

Contratado este ano para suprir a ausência de De Arrascaeta, negociado com o Flamengo, Rodriguinho já marcou três gols em cinco partidas. Se continuar desse jeito...

Fechar