Cruzeiro vence Deportivo Lara em estreia no Mineirão e aumenta série invicta como mandante na Copa Libertadores

Com gol do aniversariante Rodriguinho, Raposa faz 2 a 0, chega a 30 partidas sem perder em casa pela fase de grupos do torneio e amplia liderança no Grupo B

Há 22 anos, ninguém é páreo para o Cruzeiro em Minas Gerais pela Copa CONMEBOL Libertadores. Em noite de Mineirão lotado, nesta quarta-feira (27), a equipe celeste venceu o Deportivo Lara por 2 a 0 e ampliou para 30 jogos a sua invencibilidade como mandante em confrontos pela fase de grupos.

Agora são 26 vitórias e quatro empates no período invicto. A última derrota ocorreu em 1997, para o Grêmio.

Rodriguinho, aniversariante do dia (31 anos), marcou aos sete minutos e Jadson ampliou nos acréscimos - confira detalhes e números do duelo. O resultado deixa os mineiros na liderança isolada do Grupo B, com seis pontos, quatro a mais do que o Emelec.

Na próxima rodada, o Cruzeiro encara o Emelec, no dia 3 de abril, às 21h30 (de Brasília), no Equador. Já o Lara recebe o Huracán, no mesmo dia e horário, na Venezuela.

O Cruzeiro impos ritmo intenso no início, criou três oportunidades de gol seguidas e abriu o placar com Rodriguinho, aos sete minutos. Após assistência de Fred com o peito, o meia dominou na área e deslocou o goleiro Salazar.

A postura ofensiva criou a expectativa por uma goleada - foram 11 finalizações na etapa inicial, contra cinco do Deportivo Lara. No entanto, a Raposa diminuiu a velocidade e mostrou desatenção nas chances que teve para ampliar. Tanto que os venezuelanos foram para o intervalo com mais posse de bola (50,9%).

A queda de rendimento do Cruzeiro foi sentida na arquibancada, menos festiva no início do segundo tempo, e animou o adversário, que quase empatou em duas ocasiões, mas parou no goleiro Fábio.

Mesmo apático, a equipe celeste conseguiu segurar os avanços rivais e chegou ao segundo gol no último lance, aos 95 minutos. Após passe de Rafinha, Fred dominou na área e rolou para Jadson ampliar.

Fechar