#CraqueDoJogo, Ignacio 'Magro' Fernández aproxima o River Plate de outra final

Com a classe que lhe é característica, meia fez o segundo gol contra o Boca: Bridgestone #BestOfTheMatch! Houve um tempo em que seu físico pesava contra

Para quem vê Ignacio Fernández desfilar seu corpo esguio no meio de campo do River Plate de Marcelo Gallardo é difícil imaginar que o porte físico já foi usado contra o jogador. Desde a base, houve quem o considerasse muito magrelo para encarar adversários ferozes no sempre muito disputado futebol argentino. 

Era raquítico, tinha dificuldade para se alimentar. Logo quando chegou ao River, em 2016, tomou a vacina contra febre amarela e o efeito foi negativo. Vomitou, voltou a ficar sem comer. Teria esse canhoto habilidoso capacidade física para envergar a pesada camisa do Millonarios? Marcelo Gallardo apostou que sim e na noite desta terça-feira (01) viu sua decisão ser novamente premiada. Nacho Fernández, ou "Magro Fernández", fez o segundo gol da vitória sobre o rival Boca Juniors, deixando o atual campeão River muito próximo de nova decisão da CONMEBOL Libertadores. 

Fernández deu continuidade a uma jogada iniciada pouco depois do meio de campo e correu para dentro da área. Com velocidade e força, chegou pleno para completar o cruzamento de Suárez e mandar a bola para as redes. O grito na comemoração refletiu o êxtase de quem saiu como herói e foi escolhido #CraqueDoJogo da Bridgestone, prêmio ao melhor da partida. Super Fernández!

O gol que fechou o placar em 2-0 foi o momento sublime, mas durante toda a partida Nacho mostrou as virtudes que conquistaram o torcedor do River e fizeram Jorge Sampaoli, hoje técnico do Santos, promover sua estreia pela seleção argentina. O peso ganhou outro significado na vida do meia canhoto. 

Formado na base do Gimnasia y Esgrima, hoje comandado por Diego Maradona, o Deus dos argentinos, Fernández agora é um jogador de lances e gols pesados. Novamente no Monumental de Nuñez, o torcedor pôde ver que a balança volta a pesar a favor do "Magro". 

Fechar