CONMEBOL Libertadores Sub-20: Flamengo goleia, e Nacional vence pela Fase de Grupos

Segunda vitória rubro-negra na competição veio diante do Sporting Cristal, por 5 a 1, em Luque

O quarto dia da CONMEBOL Libertadores Sub-20 foi agitado: dez gols (dois de pênalti) e nervos à flor da pele em campo. Nacional e Puerto Cabello abriram a segunda rodada do Grupo A na noite desta terça-feira (18), em Luque, no Paraguai. O time uruguaio saiu na frente e levou a melhor: 3 a 1 sobre os venezuelanos. Com gols de Augustín Tejera, Renzo Barcos e Lucas Pérez, o atual campeão deixou claro a sede pelo bicampeonato. 

Durante os 90 minutos, as duas equipes demonstraram a importância do diálogo em campo. Os gritos do banco de suplentes do time venezuelano eram ouvidos dos quatro cantos do gramado: ‘’Não abaixem a cabeça, levantem os braços! Vamos! Vamos!’’. Com uma defesa organizada e boa marcação, ambos os times jogaram de igual para igual, com as mesmas chances de gol e contra-ataques, mas o time de Montevidéu foi superior e somou mais três pontos na Fase de Grupos.

A segunda partida foi entre Flamengo e Sporting Cristal, em que os rubro-negros brilharam em campo, mas o começo do jogo não foi fácil. Durante o primeiro tempo, o Fla parecia nervoso. Passes errados, bola no alto e finalizações falhas.

Na ânsia de marcar o primeiro gol, o ataque rubro-negro escorregou e abriu espaço para a equipe adversária sair na frente. Só aos 40 minutos encontrou a chance de igualar o placar: gol de Yuri César, que marcou mais um nos acréscimos de virada. 

Sem aliviar a pressão, o Sporting Cristal apertou o rival até o último segundo. Aos gritos do técnico Phelipe Leal e da pequena torcida que ocupava a arquibancada do Estádio Adrián Lara, o Flamengo criou velocidade e deu ritmo ao segundo tempo. Com gols de Rodrigo Muniz (de pênalti), Yuri de Oliveira e João Gomes, fechou a goleada por 5 a 1 com direito a coreografias ensaiadas e gritos eufóricos: ''O Flamengo é gigante, tem que respeitar!''.

Nesta quarta (19), é a vez de o Grupo B vir a campo. Danubio e Millonarios se enfrentam às 18h (de Brasília), e às 20h15, River Plate encara o Cerro Porteño. Ambos os jogos acontecem no Estádio Arsenio Erico, em Assunção.

Fechar