CONMEBOL Libertadores 1986: Após dois vices, River Plate conquista a Copa pela primeira vez

Argentinos venceram América de Cali na final e, enfim, superaram as frustrações em decisões anteriores

Foram 20 anos de espera desde a primeira chance real, mas em 1986 o River Plate, enfim, conquistau a tão sonhada CONMEBOL Libertadores. Em uma campanha com apenas uma derrota em 13 jogos, superou o América de Cali na decisão e quebrou um ciclo de frustrações na busca pela Glória Eterna.

O River havia chegado duas vezes à final, em 1966 e 1976, mas acabou derrotado por Peñarol e Cruzeiro, respectivamente.

River Plate Libertadores 1986

A sorte começou a virar em 1986, ao terminar como líder de um grupo composto com Boca Juniors, Peñarol e Montevideo Wanderers. Na Segunda Fase, eliminou o Barcelona e precisou de um jogo de desempate para superar o Argentinos Junior, atual detentor do título continental.

Na final, o River encarou o América de Cali, e o sinal de que o fim dessa história seria finalmente feliz veio com a vitória por 2 a 1 no jogo de ida, na Colômbia. Na volta, em Buenos Aires, o gol de Funes sacramentou o triunfo por 1 a 0 e a conquista inédita.

NÚMEROS DO CAMPEÃO

13 jogos
9 vitórias
3 empates
1 derrota
23 gols pró 
8 gols contra 
Artilheiro: Ramón Centurión (7 gols)

FICHAS TÉCNICAS

América de Cali 1-2 River Plate

Data: 22/10/1986
Local: Pascual Guerrero, Cali (Colômbia)
Libertadores: Final, ida
Árbitro: Juan D. Cardellino (Uruguai)

América de Cali: Julio César Falcioni, Hugo Valencia, Enrique Esterilla, Víctor Espinosa, Jorge Porras, Carlos Ischia (Alex Escobar), Gerardo González Aquino, Juan Manuel Battaglia, Roberto Cabañas, Willington Ortiz (Anthony de Avila), Ricardo Gareca. Técnico: Gabriel Ochoa Uribe.

River Plate: Nery Pumpido, Jorge Gordillo, Nelson Gutiérrez, Oscar Ruggieri, Alejandro Montenegro, Héctor Enrique, Americo Gallego, Norberto Alonso (Daniel Sperandio), Antonio Alzamendi, Juan Gilberto Funes, Roque Alfaro (Pedro Troglio). Técnico: Héctor Vera. 

Gols: Roberto Cabañas (46'); Juan Gilberto Funes (23'), Norberto Alonso (25').

River Plate 1-0 América de Cali

Data: 29/10/1986
Local: Monumental de Nuñez, Buenos Aires (Argentina)
Libertadores: Final, volta
Árbitro: José Roberto Wright (Brasil)

River Plate: Nery Pumpido, Jorge Gordillo, Nelson Gutiérrez, Oscar Ruggieri, Alejandro Montenegro, Héctor Enrique, Americo Gallego, Norberto Alonso, Antonio Alzamendi (Daniel Sperandio), Juan Gilberto Funes, Roque Alfaro (Rubén Gómez). Técnico: Héctor Vera.

América de Cali: Julio César Falcioni, Hugo Valencia (Anthony de Avila), Víctor Luna, Víctor Espinosa, Jorge Porras, Carlos Ischia, Gerardo González Aquino (Alex Escobar), Juan Manuel Battaglia, Roberto Cabañas, Willington Ortiz, Ricardo Gareca. Técnico: Gabriel Ochoa Uribe.

Gol: Juan Gilberto Funes (23').

Fechar