Como foi a reunião dos técnicos da CONMEBOL Libertadores; Mano e Tiago Nunes marcam presença

Encontro na sede da CONMEBOL, em Assunção, no Paraguai, contou com 23 treinadores. Comandantes de Cruzeiro e Athletico estiveram entre os que discutiram o jogo

Um encontro inédito, único. Nesta terça-feira, técnicos de clubes que disputam esta edição da Copa CONMEBOL Libertadores se reuniram em Assunção, capital do Paraguai, para discutir futebol. Ao todo, 23 agremiações enviaram seus comandantes ou auxiliares. A reunião contou ainda com grandes lendas do futebol sul-americano, como Francisco Maturana e Nery Pumpido, técnicos campeões da Copa em 1989 e 1990 por Atlético Nacional (COL) e Olimpia (PAR), respectivamente. 

Mano Menezes, Tiago Nunes - CONMEBOL

Dois treinadores brasileiros estiveram no encontro. Tiago Nunes, do Athletico Paranaense, e Mano Menezes, do Cruzeiro, fizeram parte do bate-papo na sede da CONMEBOL. Ouviram, opinaram e acrescentaram para a experiência de falar sobre o jogo. 

Tiago Nunes na CONMEBOL

Atual campeão da Libertadores pelo River Plate (ARG), Marcelo Gallardo foi figura de destaque na reunião dos treinadores. Ele recebeu uma honraria pela conquista, a sua segunda na carreira já que também saiu campeão em 2015 também pelo River. "Quando comecei como treinador, não sabia se era uma vocação. Você não sabe até que tem a experiência. Descobri uma profissão, uma vocação, assim eu sinto. Eu gosto muito de viver do que faço. É uma grande alegria poder estar aqui", falou Gallardo. 

Cumbre entrenadores CONMEBOL Libertadores

O encontro também foi celebrado por Alejandro Domínguez, presidente da CONMEBOL. "É muito importante poder desfrutarmos dos protagonistas do melhor futebol do mundo, vocês". 

Os 23 representantes dos clubes

Marcelo Gallardo (River Plate, Argentina)

Mauricio Correa   Auxiliar (Internacional, Brasil)

Miguel A. Russo (Alianza Lima, Peru)

Mano Menezes (Cruzeiro, Brasil)

Mariano Soso (Emelec, Equador)

Antonio Mohamed (Huracán, Argentina)

Leonardo González (Deportivo Lara, Venezuela)

Daniel Garnero (Olimpia, Paraguai)

Claudio Vivas (Sporting Cristal, Peru)

Lucas Bernardi (Godoy Cruz, Argentina)

Francisco Bozan (Universidad de Concepción, Chile)

Pablo Repeto (LDU, Equador),

Fernando Jubero (Cerro Porteño, Paraguai)

Jorge Almirón (San Lorenzo, Argentina)

Jorge Pautasso (Melgar, Peru)

Gustavo Alfaro (Boca Juniors, Argentina)

Tiago Nunes (Athletico Paranaense, Brasil)

Alexandre Pereira - Auxiliar (Grêmio, Brasil)

José Chamot (Libertad, Paraguai)

Luis Diego López (Peñarol, Uruguai)

Alberto Gamero (Deportes Tolima, Colômbia)

William Ramallo Fernández (San José Oruro, Bolívia)

Miguel Ángel Portugal (Jorge Wilstermann, Bolívia)

Fechar