Como Diego saiu do banco para mudar o jogo: o Herói Anônimo do Flamengo na final da Libertadores 2019

Camisa 10 entrou aos 20 minutos do segundo tempo, com movimentos decisivos em campo: foi dele o lançamento para o gol da virada contra o River Plate

Diego Ribas saiu do banco de reservas do Flamengo, aos 20 minutos do segundo tempo, para ajudar a mudar uma final e entrar definitivamente para a história. Os brasileiros perdiam por 1 a 0 para o River Plate, na final única de Lima, em 2019, quando o camisa 10, recém-recuperado de uma grave lesão, sofrida nas oitavas de final, tornou-se o Herói Anônimo de uma decisão inesquecível de CONMEBOL Libertadores.

Uma substituição que mudou a história! Veja o clipe com a análise dos movimentos de Diego, eficiente em todos os minutos que esteve em campo, até lançar a bola que chegou a Gabigol e morreu na rede do River: 2 a 1 e bicampeonato ao Flamengo! A Glória Eterna!

Fechar