Casa, fora, mata-matas... O duelo Gallardo x Schelotto

Ídolos, ex-jogadores campeões e hoje treinadores de River Plate e Boca Juniors: desempenho na Copa aponta para grande equilíbrio neste sábado, no Monumental

Marcelo Gallardo e Guillermo Barros Schelotto. Dois ídolos de River Plate e Boca Juniors, respectivamente. Dois ex-atletas campeões da Copa CONMEBOL Libertadores. O primeiro já está na seleta lista de oito personagens vencedores da Copa como jogadores e treinadores e soma oito títulos no total em quatro anos comandando o clube. O segundo, quatro vezes campeão no campo, busca a primeira taça da Libertadores sentado no banco de reservas.

O desempenho de ambos em duelos mata-matas no torneo é excelente. O campeão Gallardo já disputou 11 séries e perdeu apenas duas vezes: são nove triunfos. Do lado do Boca, Schelotto disputou seis e caiu em um. 

O retrospecto mandante x visitante da dupla aponta para um sábado de extremo equilíbrio no Monumental de Nuñez. Gallardo soma 23 jogos em casa no comando do River na Copa, com 13 triunfos, sete empates e apenas três derrotas. Schelotto vai bem fora da Bombonera: só perdeu um jogo de Libertadores e soma três triunfos e sete empates.

Quem leva a melhor na grande final?

Fechar