Cabuloso! Cruzeiro foi extremamente cirúrgico contra o Vasco

Raposa finalizou quatro vezes contra o Cruzmaltino e marcou quatro gols

Depois de um começo difícil na Copa Libertadores, sem vencer nas três primeiras rodadas, o Cruzeiro se recuperou e curte nova vida na competição continental.

Nas últimas duas rodadas, a Raposa goleou a Universidad de Chile por 7 a 0 no Mineirão, igualando sua maior vitória na história da competição (em 2010, contra o Potosí), e bateu o Vasco por 4 a 0 em São Januário.

Os massacres tiveram alguns destaques. Além das boas atuações, o time de Mano Menezes viu Arrascaeta, Thiago Neves e Sassá brilharem com grandes exibições e a equipe funcionar muito bem coletivamente.

No entanto, contra o Vasco, além disso, chamou atenção como o Cruzeiro foi cirúrgico. Ainda que o primeiro gol, que mudou a história da partida logo no início, tenha sido irregular por um impedimento não marcado pela arbitragem, e o Cruzmaltino tenha sentido esse tento e o ambiente ruim em São Januário, a Raposa foi superior e mereceu o triunfo.

Triunfo por 4 a 0 que foi construído com... quatro finalizações! Isso mesmo, o time de Mano Menezes acertou todos os chutes que tentou na partida e conseguiu uma ótima goleada que colocou a equipe na liderança do grupo 5 da Copa Libertadores.

Fechar