Artilheiros! Os goleiros com mais gols na história da CONMEBOL Libertadores

Rogério Ceni, ídolo do São Paulo, é disparado o líder do ranking de goleiros-artilheiros, seguido de outro campeão: o colombiano René Higuita

Eles entraram para a história na CONMEBOL Libertadores não apenas por suas grandes defesas. A Copa também eternizou goleiros-artilheiros em uma lista seleta de arqueiros que puderam ter a única sensação de marcar gols na maior competição da América do Sul.

Rogério Ceni, ídolo do São Paulo, brasileiro que mais atuou na competição (90 partidas) e atleta que mais soma vitórias (51), é disparado o goleiro que mais balançou as redes na Libertadores. Ceni soma 14 gols e também é o maior goleador do Tricolor, tricampeão do torneio. O ídolo conquistou duas das três taças são-paulinas, em 1993 e 2005, quando foi capitão e artilheiro do clube.

Outra lenda do futebol mundial está na lista, caso do colombiano René Higuita, campeão com o Atlético Nacional em 1989. José Luís Chilavert também escreveu sua história com gols e conquistou a Copa de 1994, defendendo o Vélez Sarsfield. Veja quem são os principais goleiros-artilheiros da Libertadores.

Goleiros-artilheiros da Libertadores


GOLS E DEFESAS DE CENI



UM ÍDOLO COLOMBIANO


Fechar