Brasileiros contam com artilharia pesada em semana de atacantes na Copa Libertadores

Palmeiras, Flamengo, Internacional e Athletico venceram com folga e tiveram brilho dos goleadores. Destaque para Nico López, Goulart, Gabigol e Marco Ruben

Por Marcio Porto

Se na primeira semana da fase de grupos os goleiros foram determinantes para os triunfos dos clubes brasileiros na Copa CONMEBOL Libertadores, na segunda os atacantes roubaram a cena. Palmeiras, Internacional, Flamengo e Athletico Paranaense venceram seus jogos e contaram com gols de alguns de seus principais homens de frente. Brilho de Ricardo Goulart, Nico López, Gabigol e Marco Rubén. 

Em comum, além de serem decisivos na Copa, os atacantes possuem o posto de principal artilheiro de seus clubes na temporada. Mesmo recém-chegado, Goulart marcou três gols em cinco jogos pelo Palmeiras; Nico López tem quatro em  seis jogos; Gabigol fez cinco em nove jogos, enquanto Marco Ruben marcou quatro em quatro partidas. Pontaria afiada! 

Quem abriu a semana foi o Palmeiras com goleada de 3 a 0 sobre o Melgar (PER) no Allianz Parque. Goulart fez o seu e deu duas assistências. O Verdão ainda contou com um tento do volante Felipe Melo e outro do centroavante Deyverson, que voltou a marcar após período afastado. A equipe de Luiz Felipe Scolari é a de melhor campanha entre os brasileiros e lidera com folga o Grupo F com seis pontos e cinco gols de saldo.

Situação parecida vive o Internacional. Na quarta-feira, Nico López fez os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Allianza Lima (PER) no Beira-Rio. O Inter sobra no Grupo A com seis pontos e três de saldo. Força do uruguaio! 

O Flamengo não fica muito atrás. Também na quarta, bateu a LDU (EQU) no Maracanã por 3 a 1 com gols de seus homens de frente. Gabigol fez o seu segundo no torneio e se firmou como grande arma do time. Everton Ribeiro e o atacante Uribe completaram. O Rubro-Negro lidera o Grupo D também com seis pontos. 

Coube ao Athletico Paranaense fechar a semana dos brasileiros com show e vitória. Na quinta, o Furacão aplicou sua maior goleada na história da Libertadores com um 4 a 0 sobre o Jorge Wilstermann (BOL). O argentino Marco Ruben abriu o placar. O meia Tomás Andrade, o lateral Renan Lodi e o meia Bruno Guimarães também marcaram. 

Grêmio e Atlético-MG não tiveram a mesma sorte na semana e acabaram derrotados sem marcar gols, ambos por 1 a 0, para Libertad (PAR) e Nacional (URU), respectivamente. Já o Cruzeiro teve seu jogo contra o Deportivo Lara (VEN) adiado para o dia 27, quando a Libertadores voltam. Será que até lá os goleadores manterão a artilharia pesada? 

Gabigol x Goulart

Nico Lopez x Marco Ruben

Fechar