Comunicado oficial sobre a final da CONMEBOL Libertadores entre River e Boca

Após reunião com presidentes da CONMEBOL e dos clubes, entidade comunica que final será em 8 ou 9 de dezembro, em local a ser definido

O presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, se reuniu nesta terça-feira com Rodolfo D’Onofrio e Daniel Angelici, presidentes de River Plate e Boca Juniors, respectivamente, em Luque, no Paraguai, e, após o encontro, um comunicado foi publicado pela entidade. A final de volta da Copa CONMEBOL Libertadores será disputada em 8 ou 9 de dezembro, em horário e local a serem definidos em breve.

A CONMEBOL deixa claro ser prudente que a partida não aconteça na Argentina após os incidentes contra o ônibus do time visitante que impediram a realização do duelo no dia 24 de novembro, no Monumental. A realização da final ainda está sujeita à decisão do Tribunal Disciplinar após processo aberto contra o River.

Confira a nota completa entregue pela entidade a River e Boca:

"Por conta dos atos de violência ocorridos na cidade de Buenos Aires em 24 de novembro de 2018, os quais colocaram em risco a segurança dos jogadores, oficiais e torcedores, inclusive com atos criminosos que as autoridades da República Argentina estão investigando, resulta ser prudente que a partida FINAL não se jogue país.

O regulamento da CONMEBOL Libertadores 2018, em seu art. 4 reza "Que o Regulamento foi elaborado pela CONMEBOL de forma a garantir os princípios de integridade, continuidade e estabilidade das competições, do jogo limpo desportivo e financeiro, da imparcialidade, da verdade e da segurança desportiva, procurando assegurar a imprevisibilidade dos resultados, a igualdade de oportunidades, o equilíbrio das disputas e a credibilidade de todos os envolvidos na competição // As competições organizadas pela CONMEBOL exigem a colaboração de todos os envolvidos de forma a prevenir comportamentos antidesportivos, particularmente a violência..."

Assim mesmo, o Art. 35 estabelece "em caso de alguma dificuldade ou impossibilidade para disputar uma partida na sede, data e horário estipulados, que dará exclusivo juízo a CONMEBOL de fazer as modificações que considere pertinentes. A CONMEBOL poderá a seu critério modificar datas e horários, quando considerar necessário. Também poderá mudar a sede da partida como solução".

A CONMEBOL, em uso de suas faculdades, e a efeitos de garantir o término desportivo da CONMEBOL Libertadores, resolveu o que se segue:

a) A partida de VOLTA da FINAL CONMEBOL LIBERTADORES EDIÇÂO 2018, acontecerá entre os dias 8 e 9 de dezembro, em horário e sede a serem definidos pela administração da CONMEBOL com a maior brevidade.

b) CONMEBOL irá arcar com os gastos da viagem, hospedagem, alimentação e traslado interno de até 40 pessoas por delegação.

c) CONMEBOL estabelecerá as condições de segurança com as autoridades correspondentes."

Fechar