19 coisas que você precisa saber sobre o Grêmio na Copa Libertadores

Tricolor, tricampeão e último clube brasileiro a erguer a taça, é também recordista de participações no país, ao lado do Palmeiras. Veja números e curiosidades

Último brasileiro a conquistar a América e recordista em participações na Copa CONMEBOL Libertadores no Brasil, o Grêmio inicia nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Rosario Central, na Argentina, sua 19ª campanha no torneio mais importante do continente em busca do tetra. Há 19 coisas sobre o Tricolor na Copa que você precisa saber:

1 - DNA copeiro! O Grêmio foi campeão da Libertadores logo na segunda vez em que participou da competição. A primeira foi em 1982 e, já em 1983, o time comandado no campo por Renato Gaúcho conquistou a América e, depois, o mundo. Uma final histórica contra o Peñarol!

2 - O Imortal é o clube brasileiro que mais soma vitórias na história da Copa: 95 triunfos em 181 partidas.

3 - O Grêmio se tornará já na fase de grupos de 2019 o clube do Brasil com mais partidas na Libertadores. O líder do ranking é o São Paulo, com 183 jogos. O Tricolor irá superá-lo na terceira rodada.

4 - Nenhum clube brasileiro conquistou mais vezes a Libertadores do que o Grêmio. O Imortal sagrou-se tricampeão em 2017 (venceu antes em 1983 e 1995) e igualou-se a São Paulo e Santos entre os mais vencedores no país.

5 - O Grêmio joga a Copa pela quarta vez seguida, igualando assim seu recorde, dos anos 90, quando esteve na competição em 1995, 96, 97 e 98.

Gremio campeao Copa Libertadores 29112017

6 - A maior vitória fora de casa do Tricolor na competição aconteceu em 1997: 4 a 0 sobre o Alianza Lima, do Peru.

7 - As maiores vitórias em casa do Grêmio são das Copas de 2018, 1995 e 1984: 5 a 0 sobre o Cerro Porteño, 5 a 0 sobre o Palmeiras e 6 a 1 diante da ULA FC, da Venezuela, respectivamente.

8 - A maior derrota já sofrida pelo Tricolor na Libertadores teve um sabor especial, já que veio com classificação: a equipe perdeu por 5 a 1 para o Palmeiras nas quartas de 1995, em São Paulo, mas seguiu rumo ao título por conta da vitória (5 a 0) na ida, em Porto Alegre.

9 - Jardel é o maior artilheiro do clube no torneio: 15 gols. O campeão de 1995, no entanto, pode ser superado em breve pelo campeão de 2017, Luan, que já marcou 12 vezes.

10 - O Imortal já jogou 26 vezes contra clubes argentinos na Libertadores: soma 12 vitórias, seis empates e oito derrotas.

11 - O adversário da estreia em 2019, Rosario Central, foi algoz nas oitavas de 2016, quando o Grêmio se despediu nas oitavas de final.

12 - O Tricolor chegou pelo menos às semifinais em quase a metade das Copas que jogou. Além dos três títulos, o clube foi vice-campeão em 1984 e 2007 e parou nas semis em 1996, 2002, 2009 e 2018. Portanto, o Grêmio foi até a semifinal em nove ocasiões.

13 - Somente duas vezes o clube não avançou até as fases de mata-mata: 1982 e 1990.

Atlético Nacional - Gremio Copa Libertadores 1995

14 - Renato Gaúcho é o único brasileiro campeão da Libertadores como jogador e treinador, feito conquistado pelo Grêmio em 1983 e 2017.

15 - O Grêmio é o único clube do Brasil que conquistou a Copa em três decadas diferentes: anos 80, anos 90 e anos 2010.

16 - O Tricolor tem o terceiro melhor ataque da história do torneio entre os brasileiros, com 280 gols. Fica atrás do Palmeiras (309) e do Cruzeiro (296).

17 - O ex-lateral Roger, que foi o técnico gremista na campanha de 2016, é o jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube na Libertadores: 57 jogos.

18 - Luan e Geromel são os atletas do atual elenco que mais partidas disputaram: 35 e 31, respectivamente.

19 - Dos atletas ainda em atividade, o goleiro Marcelo Grohe, que deixou o clube no fim do ano, é o jogador que mais defendeu o Grêmio em Libertadores, com 49 partidas (terceiro na lista geral, abaixo de Roger, já citado, e Danrlei, outro campeão de 1995).

Renato Gaucho Gremio campeao Copa Libertadores 29112017

Fechar